Inter e Santos são os dois clubes da Série A que menos perderam em 2016

Vila
Ricardo Duarte/Inter

No próximo domingo, Inter e Santos entrarão como favoritos para vencerem os seus respectivos estaduais. De um lado, o colorado já tem uma boa vantagem sobre o Juventude para buscar o hexacampeonato gaúcho no Beira-Rio. Do outro, o Peixe terá que fazer a sua lição de casa diante do surpreendente Audax.

LEIA MAIS:

Cinco motivos para o Inter não contratar o atacante Lucas Barrios

Técnico do Palmeiras acredita na classificação do Grêmio sobre o Rosario

A boa campanha dos dois clubes da Série A do Brasileirão pode ser explicada através dos números. Cada uma das duas equipes, contando apenas competições oficiais da temporada, sofreu somente uma única derrota. O Inter acabou derrotado apenas no dia 24 de fevereiro, em casa, para o Veranópolis, por 2×1, pelo Gauchão. O Santos, por sua vez, só foi derrotado pelo Red Bull Brasil, por 2×0, pelo Paulista, no dia 28 de fevereiro.

Fora esses jogos, as duas equipes não perderam no ano. O Inter se deu ao “luxo” de ser eliminado na semifinal da Primeira Liga sem sofrer uma derrota sequer. O Santos se mantém invicto na Copa do Brasil, competição onde já avançou para a segunda fase após eliminar o Santos do Amapá na primeira rodada. Com apenas uma derrota em 2016, Inter e Santos são os times da Série A que menos perderam na temporada.

Confira a lista completa de derrotas em ordem crescente:

Inter – 1 derrota (Veranópolis)

Santos – 1 derrota (Red Bull Brasil)

Vitória – 2 derrotas (Fluminense-BA e Flamengo-BA)

Cruzeiro – 2 derrotas (Fluminense e América)

Botafogo – 2 derrotas (Vasco duas vezes)

Chapecoense – 3 derrotas (Metropolitano, Joinville e Criciúma)

Corinthians – 3 derrotas (Cerro Porteño, Santos e Palmeiras)

América-MG – 4 derrotas (Guarani-MG, Flamengo, Tricordiano e Tombense)

Coritiba – 5 derrotas (Grêmio, Toledo, PSTC, J.Malucelli e Atlético-PR)

Grêmio – 5 derrotas (São José, Toluca, São Paulo-RS, Juventude e Rosario Central)

Flamengo – 5 derrotas (Vasco duas vezes, Atlético-PR, Volta Redonda e Confiança)

Santa Cruz – 5 derrotas (Náutico, Bahia duas vezes, Sport e Salgueiro)

Ponte Preta – 5 derrotas (Oeste, Santos, XV de Piracicaba, Mogi Mirim e Corinthians)

Fluminense – 6 derrotas (Atlético-PR, Volta Redonda, Flamengo, Botafogo duas vezes e Vasco)

Atlético-PR – 6 derrotas (Paraná duas vezes, Cruzeiro, Coritiba, Toledo e Fluminense)

Figueirense – 6 derrotas (Criciúma, Inter de Lages, Chapecoense, Avaí, Brusque e Joinville)

Palmeiras – 7 derrotas – (Linense, Ferroviária, Nacional duas vezes, Audax, Red Bull Brasil e Água Santa)

São Paulo – 7 derrotas (Corinthians, The Strongest, Ponte Preta, São Bernardo, Palmeiras, São Bento e Audax)

Atlético-MG – 7 derrotas (Flamengo, Figueirense, URT, Cruzeiro, Del Valle, Tricordiano e América-MG)

Sport – 9 derrotas (Salgueiro três vezes, América, Fortaleza, CRB, Aparecidense duas vezes e Campinense)



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.