Judô brasileiro termina Pan-americano em primeiro geral com 17 medalhas

Foto: Divulgação / COB

O Brasil conquistou neste fim de semana, 17 pódios no Pan-americano de judô em Havana, Cuba. Foram sete ouros, quatro pratas e seis bronzes na competição. O país terminou em primeiro  confirmando sua hegemonia.  Agora, 11 atletas da equipe nacional de judô seguem para o Azerbaijão, onde disputarão o Grand Slam de Baku de 6 a 8 de maio. O judô brasileiro está na preparação para os Jogos do Rio 2016.

Leia mais:

 Judoca de Ribeirão Preto lidera dois rankings da modalidade
 Olimpíadas: grandes judocas brasileiros disputam últimas vagas para a competição

No Pan-americano, os vencedores brasileiros foram: Sarah Menezes (48kg), Érika Miranda (52kg), Mariana Silva (63kg), Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Tiago Camilo (90kg) e Rafael Silva (+100kg).

Assim como no bronze do Grand Prix de Samsun, o duelo foi para o golden score e Rafael Silva levou a melhor sobre o também brasileiro, David Moura pontuando com um waza-ari. A luta foi pela categoria pesados, os dois disputam uma vaga para as Olimpíadas no Rio.

Rafael acredita na classificação para os Jogos. “Fazer a final com um brasileiro é sempre complicado, porque a gente se conhece bastante. Não tem nada definido ainda. Temos mais duas competições pela frente. Expectativa está grande já para o Grand Slam de Baku, que é na próxima semana e depois vou ter um tempo maior para treinar pro Marsters, em Guadalajara.”

Além de  David Moura, ficaram com a prata do Pan-americano Alex Pombo (73kg), e Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg).

Mayra Aguiar foi derrotada por uma velha conhecida e disse manter o foco nas Olimpíadas. “Levo como mais uma experiência e mantenho o foco totalmente na Olimpíada.”

As medalhas de bronze do Brasil ficaram com Eric Takabatake (60kg), Nathália Brígida (48kg), Rafaela Silva (57kg), Rochele Nunes (+78kg), Luciano Corrêa (100kg) e Victor Penalber (81kg).

Nos dias 13, 14 e 15 de maio, acontece o Grand Prix de Almaty, Cazaquistão e  o World Masters, que acontecerá em Guadalajara, de 27 a 29 de maio. Estas serão as duas últimas competições da modalidade antes dos Jogos Rio 2016. Portanto, servirão como ranking Olímpico.



Sou apaixonado por esportes e política. Escrever é minha paixão. A vida é muito intensa para ser editada em palavras!