“Não é porque fomos eliminados para o Audax que está tudo errado” afirma Elias

Créditos da foto: Viviane Tavares/Torcedores.com

Prestes a disputar uma vaga nas quartas de final da Copa Libertadores da América, o Corinthians tenta mostrar que aprendeu com os erros do passado e os atletas garantem estar preparados para o duelo de quarta-feira (04) contra o Nacional – URU , na Arena Corinthians.

LEIA MAIS: CORINTHIANS DEVE TER MUDANÇA CONTRA O NACIONAL-URU; CONFIRA

Após eliminações dentro de casa, o Corinthians terá nesta semana mais uma chance de mostrar a todos que pode sim seguir na competição sem participar de mais um vexame em casa, como aconteceu no ano passado quando saiu do torneio ao ser eliminado pelo Guarani-PAR, uma equipe de menor expressão do futebol sul-americano.

Escolhido para coletiva de imprensa nesta tarde (02), o volante Elias pede calma aos torcedores e demonstra confiança na equipe de Tite “Não é porque fomos eliminados para o Audax que está tudo errado. Jogamos em nível alto, mas perdemos. Vamos do mesmo jeito. Temos de ter nível de competição alto para voltar a sermos melhores do mundo. Contra o Nacional foi um jogo de competição alta e leal. Esperamos um jogo parecido. Vamos impor nossa técnica para vencer.” Afirmou Elias.

Caso o duelo contra o Nacional termine em 0x0, mesmo placar do jogo no Uruguai, o Timão encarará novamente uma disputa de penalidades para decidir quem avança à próxima fase. Nas duas vezes em que foi necessário esse tipo de desempate na Arena, o Corinthians saiu derrotado.

“Todos que treinaram como os do banco, estão aptos para bater. Tite vai escolher os melhores. Pênalti é competência, não fomos competentes nas duas eliminações. No ano passado, o Jadson não perdia nenhum. Mas vamos continuar treinando. Esperamos fazer na próxima decisão para tirar toda essa expectativa que está nos atrapalhando” Declarou Elias quando perguntado sobre a situação.

Sobre ser relacionado para assumir a responsabilidade de bater um dos penaltis caso seja necessário, ele deixa nas mãos de Tite mas tranquiliza a Fiel.

“Avaliamos físico, emocional para escolher batedores. Eu não ia bater na primeira sequência (contra o Osasco Audax), mas bateria no alternado. A gente treina e Tite escolhe os melhores. Espero que não tenha na quarta, mas se tiver eu vou bater.” Finalizou o atleta.

Elias foi um dos responsáveis na cobrança contra o Palmeiras pelo Campeonato Paulista ano passado e desperdiçou sua chance quando a equipe foi eliminada pelo rival.