No Flamengo, Muricy define substituto de Guerrero durante a Copa América

Gilvan de Souza/Flamengo

Muricy Ramalho já está de olho num substituto para Paolo Guerrero, que foi confirmado na lista de 23 jogadores do técnico Ricardo Gareca, do Peru, para a disputa da Copa América Centenário, em junho. Sem poder contar com o camisa 9 por, ao menos, três jogos no Brasileirão, o treinador do Flamengo prepara Ederson para a função de artilheiro. Os dois até já conversaram sobre o assunto.

LEIA TAMBÉM:
FOTOS: conheça as mais belas mulheres dos protagonistas do Campeonato Brasileiro 2016
Mercado da bola 2016: Cleber no Flamengo? Veja o que sabemos sobre o caso

Diretor do Flamengo revela vontade do clube em ter o retorno de Hernane Brocador
Muricy revela que entrada de Everton fez Flamengo voltar ao esquema 4-4-2
Brasileirão: veja como o Flamengo está na classificação ao término da 1ª rodada 

“Guerrero ficará afastado pela Copa América. Conversei com o Ederson há algum tempo. Ele disse que já jogou nessa posição de centroavante. Ele tem mobilidade e fundamentos para jogar ali, é inteligente. Quando o Guerrero estiver lá, Ederson deve jogar”, comentou Muricy em entrevista coletiva após a vitória sobre o Sport, no fim de semana.

Meia de origem, Ederson poderá atuar improvisado na vaga de Guerrero no ataque rubro-negro. Foto: Divulgação
Meia de origem, Ederson poderá atuar improvisado na vaga de Guerrero no ataque rubro-negro. Foto: Divulgação

Além de Guerrero, o jovem Felipe Vizeu, de 20 anos, é o outro centroavante do elenco rubro-negro. Ele chegou a substituir o peruano em alguns jogos no Campeonato Carioca, mas Muricy prefere ir com cautela para não “queimar” uma das maiores joias das categorias de base do clube.

A seleção peruana faz parte do Grupo B da Copa América, ao lado de Brasil, Equador e Haiti. A equipe de Guerrero estreia no dia 4 de junho contra o Equador e fecha a primeira fase contra o Brasil, em partida marcada para ocorrer no dia 12. Assim, o atacante rubro-negro deve perder os jogos contra Vitória, Palmeiras e Figueirense pelo Nacional.

O número de jogos sem o atacante pode aumentar ainda mais para o Flamengo se o Peru conseguir a classificação para as fases finais da competição a ser disputada nos Estados Unidos.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.