Parabéns, ‘Brown’! Adílio, lenda do Flamengo, completa 60 anos de idade

Reprodução/Youtube

O craque Adílio, lenda eterna do Flamengo na conquista da Libertadores e do Mundial de 1981, comemora 60 anos de vida neste domingo. O ex-jogador é até hoje lembrado pelo seu protagonismo naquele que é considerado o melhor esquadrão rubro-negro de todos os tempos.

Comandado por Paulo César Carpegiani, o Rubro-Negro enfrentou o Liverpool na final do Mundial do Japão com Zico, Nunes, Tita, Júnior, Andrade, Leandro, Mozer, Raul Plasmann, entre tantos talentos, e saiu vencedor com um elástico 3 a 0. Adílio, camisa 8, marcou o segundo gol da sapecada carioca no Estádio Nacional de Tóquio, à frente de 62 mil pessoas.

Ao longo da carreira, Adílio mostrou toda sua versatilidade em campo jogando tanto como volante, como na faixa mais adiantada de meio-campo. A qualidade de passe era uma das maiores virtudes do “Brown” (como era chamado pelos colegas), sempre precisos e na medida certa.

Adílio vestiu a camisa do Flamengo de 1975 a 1987. Foram 615 partidas, terceiro que mais vestiu o manto rubro-negro, com 128 gols e participações em outros títulos importantes na história do clube da Gávea, como o gol decisivo para o tricampeonato do Campeonato Brasileiro, em 1983, em final contra o Santos.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.