Roger Machado nega ter recebido ultimato da diretoria do Grêmio

Crédito da foto: Reprodução/Grêmio FBPA

Roger Machado concedeu entrevista ao programa Jogando em Casa, do Esporte Interativo, para falar da atual fase do Grêmio e desmentiu os boatos de que tenha recebido um ultimado do clube após os insucessos no estadual e Libertadores.

Leia mais:
COMO ASSIM? PAI DE GEROMEL VÊ JOGO DO FILHO COM CAMISA DO TIME ADVERSÁRIO
MERCADO DA BOLA 2016: APÓS FALHA NA LIBERTADORES, BRESSAN PERDE ESPAÇO E DEVE SER EMPRESTADO
MERCADO DA BOLA: EDÍLSON JÁ FALA COMO NOVO LATERAL-DIREITO DO GRÊMIO

Após a queda do Grêmio nas oitavas de final da Libertadores para o Rosário Central, da Argentina, muito se especulou sobre o futebol do treinador. Os jornalistas que cobrem o dia a dia do clube davam como certa a saída do técnico, mas tudo não passou de boato. Roger segue no comando da equipe e diz que recebeu respaldo total da direção para seguir trabalhando.

— Não foi um ultimato. Foi um comentário que se faz, inevitavelmente, em início de competição. A gente sabe que o início de uma competição abaliza muitas coisas, principalmente, no futebol brasileiro, onde há muitas trocas de treinadores. Eu também me referi, em entrevistas concedidas, que esse início era muito importante pra gente dar continuidade ao trabalho que vem se estendendo há um ano. O importante a salientar, o respaldo que o Deivid falou em referência aos treinadores, ele foi dado a mim. Até porque não é fácil para uma diretoria depois de dois insucessos acreditar na força do trabalho e garantir o treinador no cargo.

Roger contou que o presidente do clube o procurou para o tranquilizar sobre seu futuro na equipe.

— Logo após a eliminação da Libertadores, o nosso presidente, e a nossa diretoria, manifestaram o desejo da continuidade — entendendo que o trabalho está sendo bem feito e produzirá frutos na frente. Se houve algum comentário, não foi de forma pejorativa, foi frizando um panorama natural de um inicio de competição importante.



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.