Santos: Autor de gols nos dois últimos jogos contra o Audax, Ronaldo Mendes sempre sonhou em disputar o Paulistão

Foto: Divulgação/ Santos
Foto: Divulgação/ Santos
Foto: Divulgação/ Santos

Nos últimos dois jogos do Santos, o meia Ronaldo Mendes foi protagonistas com golaços marcados em ambas as partidas. O último foi o que deu o empate ao Peixe contra o Audax no primeiro jogo da final do Campeonato Paulista. No time da Vila Belmiro, o jogador de 23 anos está realizando um sonho que já havia revelado há quase quatro anos, quando se destacava na Série D do Campeonato Brasileiro de 2012. 

Na ocasião, Ronaldo defendia o CSA  de Alagoas. Na passagem pelo clube ele não conquistou o acesso, mas ficou como vice artilheiro da Série D, com 9 gols marcados. Atualmente, ele tem três gols pelo Santos. Um foi marcado contra o Santos-AP, pela Copa do Brasil, e os outros dois foram contra o Audax, nas duas ocasiões que jogou contra o time no Paulistão.

“Quero jogar num clube grande, disputar a Série A do Brasileiro”, afirmou o meia, em entrevista à revista Placar em 2012, e continua: “Jogar num grande de São Paulo já está de bom tamanho (risos). Corinthians, São Paulo, Santos, Palmeiras… qualquer um deles! Tenho vontade de jogar o Campeonato Paulista. É o campeonato mais disputado, parelho do Brasil”

Na época da matéria, Ronaldo era o atual artilheiro da Série D e lutava pelo acesso para a Série C com o Azulão. A revista Placar descreveu o meia da seguinte forma: “Artilheiro da Série D, com nove gols, Ronaldo é o chamado ‘faz-tudo’ no CSA. Com a canhota, arma o time, chega à frente para finalizar, bate falta, escanteio e até desarma, se preciso”.

A reportagem do Torcedores.com entrevistou o jogador, com exclusividade, que relembrou os bons momentos no CSA e falou da nova fase no Santos.

“No CSA foi onde tudo começou, tive a oportunidade de jogar profissionalmente no Corinthians-AL também, mas no Azulão foi a onde as coisas foram se confirmando. Consegui fazer um grande campeonato pelo clube, apesar de não termos conquistado nosso principal objetivo, que era o acesso a Série C”, explicou Ronaldo, que continuou sendo grato ao CSA: “Para mim foi muito proveitoso, sou muito grato ao clube por ter mim dado a oportunidade, que fez com que minha carreira desse uma subida.

Ronaldo foi contratado por empréstimo pelo Santos para fazer parte da equipe sub-23, considerado time B. Ele recebeu a oportunidade de treinar com a equipe principal e pôde corresponder ao que o técnico Dorival Júnior queria.

“A minha ideia era nem ser inscrito no grupo que disputaria o Campeonato Paulista. Eu acho que agradei, porque estou no grupo e com muita felicidade. Agradeço muito à comissão técnica pela confiança e oportunidade”, disse o meia.

Recentemente o jogador recebeu uma proposta para atuar no futebol árabe, mas recusou para cumprir o contrato de um ano que tem com o clube da baixada santista. Ronaldo contou que conversou com a comissão técnica e diretoria do Santos, e demostrou a vontade de permanecer.

“Sei que tenho muito a crescer no Santos, o Dorival vem me aconselhando bastante. Acho que tenho muito o que melhorar, ganhar e crescer aqui dentro do clube. Acredito que não era o momento de sair e espero que tudo venha caminhando bem, como está acontecendo agora”, relatou o camisa 23 do Santos.