Saudades dele? Há 14 anos, Palmeiras contratava meia Nenê, hoje no Vasco

Nenê, meia do Palmeiras em 2002
Crédito da foto: Reprodução/TV Globo

Ventilado no início de ano para ser o sonhado camisa 10 no Palmeiras, o meia Nenê não conseguiu o retorno a um clube que o acolheu a partir de 17 de maio de 2002. Há exatos 14 anos, ele iniciava sua trajetória pelo Verdão. Por ter feito parte de um elenco que foi manchado por humilhações na época, não se destacou tanto. Mesmo assim, o torcedor o queria de volta em 2016.

VEJA MAIS
ADRIANE GALISTEU FAZ APOSTA OUSADA CASO PALMEIRAS SEJA CAMPEÃO BRASILEIRO; ASSISTA

O site “Rede do Futebol” relembrou no Twitter o registro de Nenê no BID (Boletim Informativo Diário) em 2002:

Cedido por empréstimo do Paulista de Jundiaí, o meio-campista viria em um dos piores anos da história alviverde, culminando em uma eliminação para o modesto ASA de Arapiraca na Copa do Brasil e o trágico rebaixamento (e até então inédito) para a Série B do Campeonato Brasileiro. Em sua passagem no Parque Antártica, marcou apenas cinco gols, mas se via bom potencial no jovem de 21 anos (hoje tem 34).

Trabalhou com o técnico Vanderlei Luxemburgo e Levir Culpi. No jogo da queda para a Segundona, diante do Vitória, no Barradão, até balançou as redes na derrota por 4 a 3, mas insuficiente para manter o time na Primeira Divisão. Depois, sem brilho, foi repassado ao Santos, onde, de fato, teve brilho e migrou para o futebol estrangeiro: Mallorca (ESP), Alavés (ESP), Celta de Vigo (ESP), Monaco (FRA), Espanyol (ESP), PSG (FRA), Al-Gharafa (QAT), West Ham (ING), antes de retornar ao Brasil e defender o Vasco.

Relembre o gol de Nenê em Vitória 4 x 3 Palmeiras:



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.