Twitter do Juventude publica foto de lance polêmico envolvendo Ernando

Reprodução/Twitter.

O Juventude saiu na bronca com a arbitragem de Leandro Vuaden na tarde deste domingo. A equipe de Caxias do Sul foi derrotada por 1×0 pelo Inter no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, e largou atrás na disputa pelo título do Gauchão de 2016. No primeiro tempo, o meia colorado Andrigo acertou um belo chute e abriu o placar. Mas foi na segunda etapa que ocorreu o lance que deixou os caxienses furiosos com o juiz.

LEIA MAIS:

Inter vence e Argel crava: “Fizemos uma partida convincente”

Juventude x Inter: veja o gol da partida

Aos 17 minutos do segundo tempo, o Juventude partia em busca do empate quando o experiente meia Hugo finalizou com força uma bola na entrada da área. Ela tinha a direção do gol, mas acabou rebatendo no braço de Ernando. Vuaden alegou que o braço do defensor estava junto ao seu corpo, o que não caracterizaria a penalidade. O perfil oficial do Juventude no Twiter postou o momento exato do lance, como forma de protesto. Confira:

O técnico do Juventude, Antonio Carlos Zago, reclamou bastante do lance em sua entrevista coletiva. Ele relembrou, inclusive, uma palestra que o próprio árbitro Leandro Vuaden deu antes do início da competição.

“Nossa equipe pressionou, criou chances de gol e teve um pênalti não marcado pelo árbitro. Estou reclamando do pênalti porque em uma palestra do Leandro Vuaden, antes do campeonato começar, ele disse que bola no braço colado ou não no corpo seria pênalti. Nas imagens de TV, o Vuaden estava de frente para o lance e não marcou. Qualquer árbitro é passível de erro, mas foi um pênalti claríssimo não assinalado para o Juventude”, questionou Zago.

Com a vitória por 1×0, o Inter leva uma importante vantagem para o duelo de volta no Beira-Rio, no domingo que vem. Um empate basta para que a equipe treinada por Argel Fucks fature o título de 2016. O colorado busca o hexacampeonato estadual, feito que obteve somente duas vezes na história.

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Fã de esportes, sobretudo tênis. Colorado por paixão, jornalista por vocação e tenista por opção.