Veja cinco jogadores do Palmeiras que passaram mais tempo no DM do que jogando

Palmeiras
Foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação

A informação da grave lesão do volante Gabriel pegou a comissão técnica do Palmeiras de surpresa –  o atleta vai ficar de três a quatro meses se recuperando de um problema muscular na coxa esquerda. Entretanto, jogadores passando mais tempo no departamento médico do que atuando pelo clube não chega a ser surpreendente no Verdão e o Torcedores.com lista cinco casos recentes que demonstram isso.

LEIA MAIS:

PÉSSIMA NOTÍCIA! GABRIEL TEM GRAVE LESÃO E VAI DESFALCAR O PALMEIRAS

MERCADO DA BOLA 2016: PALMEIRAS EMPRESTA JOIA DA BASE AO NÁUTICO

MARCELINHO CARIOCA FALA SOBRE PÊNALTI PERDIDO CONTRA PALMEIRAS E DA REAÇÃO DE CORINTIANOS

PALMEIRAS: BARRIOS CUTUCA MARCELO OLIVEIRA APÓS GOLEADA DO VERDÃO

1 – VALDIVIA

Foto: Cesar Greco / Fotoarena
Foto: Cesar Greco / Fotoarena

O primeiro exemplo não poderia deixar de ser o Mago, xodó de parte da torcida alviverde, mas que, durante sua segunda passagem pelo Verdão, de julho de 2010 a agosto de 2015, ficou de fora de 57% dos jogos da equipe. Foram dezenas de problemas musculares que o deixaram de fora do time em momentos importantes e que viraram polêmica no clube – o departamento médica alviverde foi muito questionado na época.

Dos 345 jogos do Palmeiras neste período, o jogador chileno, atualmente jogando pelo Al-Wahda, dos Emirados Árabes Unidos, ficou de fora de 147, marcou 17 gols e deu 23 assistências.

2 – PEDRINHO

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images

Jogador de técnica refinada e muita qualidade é outro que sofreu demais com problemas físicos. Pedrinho passou grande parte das quatro temporadas (2001 a 2005) que atuou pelo clube palestrino no departamento médico e não conseguiu completar nem 100 partidas pelo time. Foram seguidas lesões nos joelhos que minaram sua carreira também em outros clubes. Mesmo assim, Pedrinho é muito querido pela torcida palmeirense pela insistência e pelo bom futebol demonstrados para se recuperar e jogar pelo Verdão após os problemas físicos.

3 – LENNY

Foto: Ag. Palmeiras/Divulgação
Foto: Ag. Palmeiras/Divulgação

Contratado pelo Palmeiras em 2008, vindo do Fluminense em troca de uma dívida do time carioca por quebra de um pré-contrato do Verdão com o meia Thiago Neves, Lenny chegou como promessa e até se destacou no início. Porém, pouco depois, não conseguiu mais tanto destaque devido aos problemas físicos.

O ano de 2009 tinha tudo para ser a temporada de Lenny, já que ele havia feito 19 partidas no Campeonato Paulista e marcado seis gols. Ele também chegou a entrar em campo pela Libertadores seis vezes, sem balançar as redes. Porém, em junho daquele ano, o atacante se machucou e voltou apenas no segundo turno do Brasileirão, após ficar quatro meses parado.

Chegou 2010, e a sequência de lesões de Lenny dava continuidade. Logo em março, o atacante rompeu o ligamento cruzado do joelho direito e ficou praticamente a temporada inteira de molho. Em 2011 teve seu contrato rescindido pelo clube.

4 – CLEITON XAVIER

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O meio-campista retornou ao Verdão durante a temporada passada, em fevereiro, vindo do Metalist, da Ucrãnia, mas não teve sorte desde então. Em 2015 conseguiu disputar apenas 17 partidas até sofrer uma lesão muscular em agosto. Na volta aos treinos, no mês seguinte, teve novo problema, desta vez um estiramento na panturrilha esquerda que o deixou de molho por todo o restante da temporada – foi relacionado para a decisão da Copa do Brasil, mas não entrou em campo.

Em janeiro de 2016, voltou a ficar de fora dos gramados após se machucar durante a pré-temporada – grave lesão na panturrilha direita – e só voltou a disputar uma partida em abril, já sob o comando de Cuca, na partida contra o River Plate-URU, pela Libertadores. CX10 jogou ainda contra o Santos, pelas semifinais do Paulistão.

Agora, totalmente recuperado, vem tendo um acompanhamento diferenciado da equipe de preparação física do Palmeiras, para não sofrer uma recaída, e foi um dos destaques do time na estreia do Brasileirão, no último sábado, goleada sobre o Atlético-PR, por 4 a 0, quando teve participação em três gols.

5 – GABRIEL

Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Na temporada passada, em agosto, quando Gabriel vivia grande fase e o clube brigava pela ponta do Brasileirão, o atleta sofreu uma grave lesão no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e desfalcou o time pelo restante da temporada, voltando a jogar apenas neste ano, quando Cuca assumiu o clube.

Em 2016, totalmente recuperado, disputou apenas oito partidas até sofrer nova lesão na última segunda-feira (16), em jogo-treino contra o Juventus. A previsão de retorno aos gramados mais otimista é de três meses.