Veja quanto os clubes da série A do Brasileirão faturaram em 2015

Foto: Reprodução

Em 2015, os clubes da elite do futebol brasileiro elevaram em 26% as suas receitas em relação ao ano anterior, mesmo com a grave crise financeira que atingiu o país. O faturamento dos 20 clubes ficou em R$ 3,6 bilhões contra R$ 2,8 bilhões de 2014, de acordo com o blogueiro Rodrigo Capelo, da Revista Época. O levantamento feito pelo jornalista foi baseado em demonstrações financeiras dos 20 clubes.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Bruno Paulo desfaz pré-contrato com Joinville e deve fechar com o Corinthians 
Mercado da bola: Grêmio empresta jovem promessa ao Joinville

O curioso é que o aumento percentual das receitas ficou acima da inflação em 2015 (10,7% no IPCA) O resultado foi muito superior ao obtido pelo país, cujo o PIB (soma de todas as riquezas produzidas) teve retração de 3,8%;.

Os clubes tiveram aumento na arrecadação com venda de atletas, direitos de TV, bilheterias e sócios-torcedores.

O Cruzeiro lidera a lista como dono da maior receita: R$ 363,8 milhões, seguido por Flamengo (R$ 356,2 milhões) e Palmeiras (R$ 351,5 milhões). O Corinthians foi apenas o quinto clube com maior receita (R$ 298,4 milhões).

Confira o ranking de receitas em 2015

1 – Cruzeiro – R$ 363,8 milhões

2 – Flamengo – R$ 356,2 milhões

3 – Palmeiras – R$ 351,5 milhões

4 – São Paulo – R$ 330,9 milhões

5 – Corinthians – 298,4 milhões

6 – Internacional – R$ 297,1 milhões

7 – Atlético-MG – R$ 244,6 milhões

8 – Grêmio – 192,6 milhões

9 – Vasco – 189,7 milhões

10 – Fluminense – R$ 180,3 milhões

11 – Santos – R$ 160,9 milhões

12 – Atlético-PR – R$ 151,8 milhões

13 – Sport – R$ 87,6 milhões

14 – Coritiba – R$ 85 milhões

15 – Goiás – R$ 75,4 milhões

16 – Ponte Preta – R$ 53,8 milhões

17 – Figueirense – R$ 47,6 milhões

18 – Chapecoense – R$ 47 milhões

19– Joinville – R$ 40,3 milhões

20- Avaí – R$31,6 milhões



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)