Vitória vence BA-VI e fica com vantagem na final do Baiano

Foto: Divulgação/ECV

O Vitória conseguiu reverter a vantagem do Bahia e venceu por 2 a 0 no Barradão. Diego Renan e Amaral marcaram os dois gols do rubro-negro no primeiro tempo.

LEIA MAIS:
Mercado da bola: Clubes chineses gastaram mais do que ingleses na janela de transferências

Nenhum dos treinadores aprontaram surpresas nas escalações. Em campo, os primeiros vinte minutos foi marcado por muita marcação e muitas faltas. Até aquele momento, o árbitro Anderson Daronco já tinha dado três cartões amarelos, sendo dois para jogadores do Vitória.

Aos 23 minutos, José Welison cruzou para área e Tinga empurrou Vander na área. Daronco não titubeou e assinalou penalidade. O capitão Diego Renan foi para cobrança, deslocou Lomba e abriu o marcador.

Com o tento rubro-negro fez com que o Bahia fosse ao ataque. Aos 33, Diego Renan e Ramon bateram cabeça, Hernane deixou para Ribeiro, mas Caíque saiu e salvou o Leão. O confronto Caíque x Thiago Ribeiro aconteceu mais duas vezes no primeiro tempo e o paredão rubro-negro venceu todos.

No final do primeiro tempo, o Vitória ampliou o placar. Vander ganhou de Lucas Fonseca e tocou para Amaral. O camisa cinco acertou um belo chute no canto do goleiro Marcelo Lomba.

No segundo tempo, o Bahia foi mais agressivo no campo ofensivo, porém esbarrou na boa marcação do Vitória e praticamente não levou perigo ao gol rubro-negro.

O Vitória teve boas chances com Marinho e Kieza para ampliar o marcador, mas Marcelo Lomba evitou o terceiro tento.

Para ser campeão, o rubro-negro pode perder por até um gol de diferença no segundo jogo, que será disputado no próximo domingo (08), às 16 horas, na Arena Fonte Nova.

VITÓRIA 2 x 0 BAHIA
Campeonato Baiano (1º jogo da final)
Local: Barradão, em Salvador
Data: 01/05/2015
Horário: 16h
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Guilherme Dias Camilo (Fifa/-MG)

Vitória: Caíque; José Wellison, Victor Ramos, Ramon e Diego Renan; Amaral (Marcelo), William Farias e Leandro Domingues (Flávio Medeiros); Marinho, Kieza e Vander (Alípio); Téc: Vagner Mancini

Bahia: Lomba, Tinga, Lucas Fonseca, Eder e Moises; Feijão, Danilo Pires e Juninho(Gustavo Blanco); Thiago Ribeiro (Henrique), Edigar Jr. (Luisinho), Hernane. Téc: Doriva