11ª rodada do Brasileirão foi sofrida para goleiros; confira os piores momentos

Foto: Reprodução

O Brasileirão 2016 completou a sua 11ª rodada neste domingo (26). Os destaques foram a “sofrência” que alguns goleiros foram submetidos. Confira os piores momentos.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: GABRIEL JESUS FICARÁ NO PALMEIRAS; VEJA 6 MOTIVOS
FABIANO É CRITICADO POR DERROTA DO PALMEIRAS; CONFIRA OS COMENTÁRIOS NA WEB

 Cruzeiro 2 x 1 Palmeiras jogaram no sábado e principalmente nos dois primeiros gols da partida, um para o Verdão e um para a Raposa, foram originados graças aos cochilos das defesas. Assista aos gols e veja como a vida de goleiro não é fácil.

Ainda no sábado, Corinthians 2 x 1 Santa Cruz, jogaram na Arena. Foi a vez do Cássio sofrer no gol. O vacilo, no entanto, foi do próprio goleirão. Confira:

Domingo de manhã, América-MG 0 x 1 Atlético-MG fizeram o clássico mineiro. E a zaga do Coelho contava com gols zagueiros na bola e eles conseguiram entregar o ouro. Pobre do goleiro João Ricardo que nada pôde fazer.

No Rio de Janeiro, domingão, foi dia de Fla-Flu e também de gol contra e falhada. Os dois gols da vitória por 2 a 1 do Fluminense contaram com uma “ajudinha” do sistema defensivo rubro-negro.

Ainda no domingo, Santos e São Paulo se enfrentaram na Vila Belmiro. Denis deu uma colaborada na vitória de 3 a 0 do Peixe.

Atlético-PR 2 x 0 Grêmio: tudo bem, foram dois bonitos gols do Furacão, mas reparem na jogada do segundo. A zaga bateu roupa ou não ?

O Sport ganhou de 5 a 1 do Chapecoense e o resultado em si já seria um sofrimento para o goleirão, mas e esse gol ? A bola precisava pegar tanto efeito ?

Internacional 2 x 3 Botafogo. Aqui não houve falhas. Mas é muito azar substituir o goleiro titular e tomar três gols em casa para uma das piores campanhas do Brasileirão 2016.