Adolescente desmente primeiro depoimento e nega estupro de Jobson

Estupro
Foto: Reprodução/ Twitter

Uma menina de 13 anos que havia acusado o ex-atacante Jobson de estupro negou que tenha tido relações sexuais com o atacante, nesta segunda-feira (27), em um segundo depoimento prestado à Polícia Civil. A adolescente desmentiu a primeira versão da história e revelou que estava sobre pressão das amigas e do ambiente. Segundo o UOL Esportes, ela confirmou que houve uma festa na casa do atleta, mas disse não ter feito sexo com ninguém.

LEIA MAIS

Além do caso de estupro, Jobson responde a processo por ter ameaçado ex-cunhada

Jobson atualmente está no presídio de Marabá, onde deve esperar até a audiência do caso. Acusado de estuprar quatro meninas, o ex-jogador do Botafogo se declarou inocente no programa Fantástico, da rede Globo, negando qualquer relação com as jovens: “A minha chácara é uma chácara de família, minha mãe inclusive está lá. Isso é uma acusação ridícula. Em nenhum momento tive relação com essas meninas”, afirmou.

Neste segundo depoimento, a adolescente negou toda a primeira versão que havia sido confirmado pelas outras três garotas. Apenas duas delas fizeram os exames que apontaram indícios de sexo, enquanto as outras duas afirmaram consentir com a situação. A polícia disse que os depoimentos não vão afetar o processo.

O advogado responsável pela defesa de Jobson, Bruno William se retirou do caso nesta terça-feira.