Eurocopa: Roy Hodgson se demite da Inglaterra após queda para surpreendente Islândia

Crédito da foto: Divulgação/English Team

As consequências da eliminação para a surpreendente Islândia nas oitavas de final da Eurocopa 2016 já começaram na Inglaterra. A primeira delas aconteceu minutos depois da derrota por 2 a 1 na Allianz Riviera, em Nice (FRA), nesta segunda-feira (27): o técnico Roy Hodgson anunciou demissão do English Team.

VEJA MAIS
INGLATERRA 1 X 2 ISLÂNDIA: ASSISTA AOS GOLS DA PARTIDA PELA EURO 2016
ISLÂNDIA SURPREENDE INGLATERRA E AVANÇA ÀS QUARTAS
APENAS DUAS RAZÕES EXPLICAM O RESULTADO DE ISLÂNDIA X INGLATERRA
OPINIÃO: O RETUMBANTE FRACASSO DA “PROMISSORA” GERAÇÃO INGLESA

“Agora é a hora de alguém assumir, mais jovem, com mais paixão. Foi fantástico. Esses jogadores amam jogar por esse país. Eu quero agradecer a todos pelo apoio. Também gostaria de agradecer todo o suporte dos jogadores, membros da comissão técnica, todos. Foi uma fantástica jornada nesses últimos quatro anos”, disse Hodgson em pronunciamento na sala de coletivas.

Roy Hogdson ficou por quatro anos na seleção inglesa e assumiu após a saída do italiano Fábio Capello. Em três competições oficiais, nenhum título: queda nas quartas de final da Euro 2012, na fase de grupos da Copa do Mundo de 2014 e nas oitavas da Eurocopa 2016. Com ele, saem também os assistentes Ray Lewington e Gary Neville.

A saída do treinador foi confirmada pela Inglaterra em seu Twitter oficial:



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.