Opinião: Rogério Micale é um dos poucos gols a favor da CBF

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

A CBF tem muitos motivos para críticas, incontáveis até pelo que tem feito nestes últimos tempos. Porém, se há uma coisa que ela merece elogios é o fato de manter Rogério Micale como treinador do time que vai tentar conquistar a inédita medalha de ouro olímpica.

Ele conduziu o trabalho com os garotos desde o mundial sub-20 e além de trabalhar com este grupo, ele deu esquema tático, padrão de jogo e merecia ter a chance de comer o filé mignon após roer o osso.

Não que Dunga (se tivesse continuado) pudesse dirigir o elenco olímpico, mas ele conseguiria manter o padrão, estilo de jogo e comandar um elenco jovem, que precisa muito mais de apoio que criticas em um momento importante de suas carreiras, seja pelo fato de jogar uma Olimpíada e principalmente, em casa, no seu país.

Muito melhor ter alguém que já comandou o grupo desde o começo do que transferir o comando a outro e ter uma possibilidade maior de jogar este projeto fora. Por isso mesmo entendo que a chance de Micale é mais que merecida.