Após 29 anos, Ryan Giggs deixa o Manchester United.

Getty Images

Um casamento acaba de ser desfeito. Após 29 anos de união, segundo o canal inglês Sky Sports, Ryan Giggs deixa o Manchester United.

A notícia era esperada desde o anúncio de José Mourinho como novo treinador dos “Red Devils”, visto que o português levaria Rui Fonte para ser seu auxiliar (cargo ocupado por Giggs). Mourinho chegou a preparar uma proposta para o ídolo do clube, contudo a vontade de Giggs em se tornar treinador falou mais alto.

Após 29 anos Ryan Giggs deixa o Manchester United com um discurso emocionado, a equipe inglesa por sua vez, lançou diversas homenagens em sua rede social, junto com os atletas em homenagem ao grande e eterno ídolo.

“#Giggs legend”,declarou o goleiro espanhol, David De Gea, via Twitter.

Giggs chegou no Manchester United em 1987, quando tinha apenas 14 anos, e desde a sua chegada e ao fim de sua carreira, Giggs completou mais de 1.000 partidas entres os 11 titulares, antes de se tornar auxiliar técnico do clube, no comando de David Moyes.

É uma grande decisão, deixar o clube que fez parte da minha vida desde os 14 anos de idade, não é uma decisão que tomo de ânimo leve. Levo comigo muitas memórias especiais, assim como uma vida inteira de experiências, que espero me sirvam bem no futuro, disse Giggs.

Como jogador, Ryan Giggs venceu 13 vezes a Premier League, 4 Copas da Liga, 9 Community Shields (Campeão da Liga x Campeão da Fa Cup), duas Champions League, uma super copa da Uefa e 2 mundiais Interclubes.