São Paulo confirma a venda de Ganso para o Sevilla

Ganso
Crédito da foto: Divulgação/Rubens Chiri/saopaulofc.net

O São Paulo confirmou na manhã deste sábado (16) a venda de Paulo Henrique Ganso para o Sevilla. O clube espanhol acertou os últimos detalhes da negociação envolvendo 9,5 milhões de euros (R$ 34,4 milhões) com o grupo DIS e o Tricolor. No site oficial do clube e em suas redes sociais, o meia já se despediu da torcida, agradecendo pelos anos que vestiu a camisa do time.

LEIA MAIS

Veja lances e gols de Gilberto, novo centroavante do São Paulo

“Gostaria de agradecer ao São Paulo FC por tudo que representou em minha vida. O clube ficará marcado para sempre no meu coração. Agradeço especialmente ao presidente Leco por ter entendido o meu desejo profissional. Acredito que esse seja o momento ideal para encarar o desafio de jogar na Europa. Sempre foi uma honra poder vestir a camisa do clube e desfrutar de momentos maravilhosos. Não posso deixar de citar os torcedores pelo carinho demonstrado desde a minha chegada e durante esses quatro anos. Deixo as portas abertas para quem sabe um dia voltar”, destacou.

Ganso se despede com 221 jogos, 24 gols e 49 assistências pelo São Paulo, nos quatro anos que defendeu o clube, além do título da Copa Sul-Americana de 2012. Com 26 anos, a transferência para o Sevilla será a sua primeira experiência no futebol europeu. O contrato com os espanhóis tem validade de cinco anos.

O meia ainda deixou em aberto a possibilidade de voltar ao clube no futuro. “Deixo as portas abertas para quem sabe um dia voltar”, completou.

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o “Leco”, lamentou a saída do atleta, mas afirmou que realizou o desejo de Ganso que sempre honrou a camisa do clube.

“O São Paulo não tem como negar sua tristeza pela perda de um jogador com tanta qualidade e que tanto fez pelas nossas cores. Atendemos a um sonho dele de fazer essa etapa mais madura da sua vida profissional na Europa e não poderia deixar de aceitar esse pedido de quem sempre nos foi leal e profissional. O Paulo Henrique sempre honrou nossa camisa e desejamos muita sorte para ele nossa nova etapa”