Carlo Ancelotti enfim é apresentado no Bayern de Munique

Após ser anunciado como novo técnico do Bayern de Munique, ainda com Pep Guardiola no comando, Carlo Ancelotti, foi enfim, oficialmente apresentado na Baviera.

LEIA MAIS: TÍTULO DA EUROCOPA VALERÁ CONDECORAÇÃO OFICIAL PARA HERÓIS PORTUGUESES

ARBELOA “ALFINETA” FRANÇA APÓS TÍTULO DE PORTUGAL 

CRISTIANO RONALDO? GRIEZMANN? VEJA QUEM FOI O CARA DA FINAL DA EURO 2016

Multicampeão por onde passou, Ancelotti logo em sua apresentação minimizou a pressão por títulos, fez diversos elogios a Bundesliga e disse que seu principal objetivo, é continuar o bom trabalho deixado por Guardiola.

Em entrevista concedida em linguagem alemã, Carlo Ancelotti disse de forma bem clara que o trabalho deixado por Pep Guardiola nos últimos anos, foi excelente.

“Estou muito contente e orgulhoso de estar aqui neste momento. Quero agradecer ao Bayern de Munique. Por me sentir muito bem. Isto porque eu estou em um dos melhores clubes do mundo. Acho que meu amigo Guardiola fez um trabalho incrível nos últimos anos”, disse Ancelotti.

Perguntado sobre o campeonato alemão, o técnico italiano comentou:

“A Bundesliga é uma ótima liga. Eu realmente gosto desta atmosfera que vejo nos jogos daqui”, analisou ele.

Apesar de não terem ligações com o clube bávaro, um vídeo de Cristiano Ronaldo e de Zlatan Ibrahimovic foi mostrado em sua apresentação, onde os dois craques falaram de suas experiências sob o comando do treinador.

Logo em seguida foi a vez do presidente do Bayern de Munique falar a respeito do seu novo comandante:

“Eu acho que é o treinador certo no momento certo”, afirmou Karl-Heinz Rummenigge.

Ao falar sobre suas expectativas no clube, contratações, padrões de jogo e objetivos, Carlo Ancelotti, não se esquivou das respostas, e passou a responder em italiano e inglês.

“Eu acho que o Bayern de Munique tem um ótimo time. Eu não falei para o clube sobre novas contratações, mas o mercado está aberto até 31 de agosto e ainda podemos ir as transferências. Mas o que eu quero é trabalhar com jogadores que já estão aqui”.

“Eu quero jogar um futebol ofensivo. Eu tenho a sorte de trabalhar em clubes de elite, onde você sempre tem que ganhar títulos. Eu não sinto muita pressão, eu estou acostumado a isso. Afinal um treinador pode controlar tudo numa partida de futebol, menos o resultado”, encerrou o técnico italiano.

CREDITO DA FOTO: GETTY IMAGES



Sou um blogueiro/Colunista do PSArsenal fanático pelos Gunners (Arsenal FC). Apesar de novo e sem experiencias jornalisticas, busco o bom vocabulário para apresentar meus conhecimentos do mundo da bola.