Ricardo Oliveira diz que Santos tem jogadores para substituir trio olímpico

trio olímpico gabigol
Crédito da foto: Reprodução/Instagram

O Santos pediu e a CBF não aceitou! Trio olímpico santista(Gabriel Barbosa, Thiago Maia e Zeca) estará fora da partida para a Copa do Brasil contra o Gama. O trio se apresenta na segunda-feira, na Granja Comary, em Teresópolis, no Rio de Janeiro.

Leia mais:

SANTOS FICA SEM TRIO OLÍMPICO PARA JOGO DA COPA DO BRASIL

VISANDO SEQUÊNCIA SEM TRIO OLÍMPICO, VICTOR FERRAZ INDICA SUBSTITUTOS NO SANTOS

Zeca, Thiago Maia e Gabigol, o trio olímpico santista se despede do Santos amanhã, contra a Ponte Preta. Depois, vão à Olimpíada. A apresentação dos jogadores acontecerá na segunda-feira (18), portanto o trio estará fora da partida contra o Gama pela Copa do Brasil na quarta-feira (20), às 21h45, no Bezerrão.

A diretoria santista tentou o adiamento da apresentação do trio olímpico para a próxima quinta-feira, dia 21, ou seja, o dia seguinte do compromisso na Copa do Brasil, com a justificativa de que os três dias não atrapalhariam a preparação da seleção para os Jogos Olímpicos. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), recebeu outros pedidos de liberação, mas decidiu não abrir exceção para nenhum caso. A entidade não se pronunciou sobre os casos.

Em coletiva na sexta-feira, (15), Ricardo Oliveira, recuperado de lesão e de volta ao Santos disse que outros jogadores podem suprir a ausência do trio olímpico  “A gente tem a saída desses atletas para a Seleção Brasileira. Zeca, Thiago e Gabriel são jogadores que tem contribuído de forma positiva. Mas temos jogadores que tem qualidade para suprir essas ausências.”

Consciente dos três desfalques certos, o técnico Dorival Júnior deve escalar Caju, Yuri e Copete, os prováveis substitutos de Zeca, Thiago Maia e Gabriel, respectivamente.

O próximo compromisso do Santos é contra a Ponte Preta no sábado (16). Já o próximo compromisso da seleção olímpica brasileira é contra o Japão, no estádio Serra Dourada, dia 30 de julho, antes de estrear nos Jogos Olímpicos diante da África do Sul, em Brasília, dia 4 de agosto.



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."