Cinco lições que o Vasco tirou do jogo contra o Avaí

Vasco x Avaí
Carlos Gregório Jr/Vasco

Avaí e Vasco se enfrentaram pela rodada de número 14 pela Série B do Brasileirão na Ressacada, em Florianópolis (Santa Catarina). O time catarinense conseguiu a vitória e agora está há quatro jogos sem perder, mais distante do Z-4. O time da Colina perde a segunda consecutiva e agora vê o Atlético Goianiense com a mesma pontuação na liderança do campeonato.

 

A partida foi equilibrada na primeira etapa e também muito disputada, porém sem muitas emoções, com apenas algumas chances dos dois lados, o placar de 0 a 0 foi justo. No segundo tempo o Avaí mostrou que era o mandante e que queria a vitória de qualquer jeito, logo aos 4 se beneficiou de mais uma trapalhada da zaga vascaína e abriu o marcador. Aos 19, Romulo driblou Martín Silva e ampliou. O Avaí teve ainda um pênalti bem defendido pelo uruguaio. Caio Monteiro descontou nos acréscimos, o Vasco pressionou até o fim, mas saiu derrotado de Florianópolis.

 

Analisando o jogo entre catarinenses e cariocas, o Torcedores.com resolveu listar cinco lições que o Vasco tirou do jogo contra o Avaí. Confira:

 

. Precisa voltar à intensidade de outras partidas.

 

Na arrancada do Brasileirão no ano passado e no começo dessa temporada, o que caracterizava a equipe do Vasco era a INTENSIDADE. O time era forte na marcação, fechava bem os espaços e sai bem nos contra-ataques, nos últimos jogos essa pegada vem se perdendo.

 

. Revezar o time titular com a garotada.

 

O Campeonato Brasileiro da Série B é longo e de muitas viagens, visto que o time titular do Vasco tem muitos jogadores acima dos 30 anos de idade, a solução seria colocar mais os garotos na equipe principal para equilibrar o desgaste dos mais velhos e também dar mais experiências em jogos importantes para esses jovens. Caio Monteiro, Evander, Henrique e Lucas Barboza seriam boas opções,

 

. Acertar o sistema defensivo

 

Nos últimos jogos, Aislan falhou feio e foi determinante para alguns resultados, o jogador tem sido alvo de críticas da torcida. Acertar o sistema defensivo é um importante ponto para que o time se sinta seguro e com isso revezar um zagueiro com Aislan, ou até mesmo trocá-lo seria fundamental. Rafael Marques ex-Coxa pode pintar na segunda, Kadu Fernandes pode vir a ser opção também.

 

. Fechar os espaços

 

A marcação do Vasco nas últimas rodadas não está encaixada, o time tem dado muitos espaços para os adversários, principalmente quando joga em casa. A marcação que era feita na saída de bola não está tão firme. Falta conexão entre os setores, quando isso acertar novamente, a equipe ficará mais compactada.

 

. Soluções para ajudar o Nenê na criação

 

Nenê é o astro do time e o principal jogador da equipe. Todos os times do campeonato visam o craque nos jogos, e com isso a marcação é redobrada sobre ele, o que prejudica em algumas partidas que ele não está tão bem. O que seria ideal era o Vasco criar uma solução, com jogadas ou uma centralização maior em determinadas partidas a outros jogadores. Fazendo isso o futebol do Nenê também fluiria quando ele estivesse mal.



Cronista esportivo do site Momento da Bola, apaixonado por esportes e amante do futebol. Colaborador do Torcedores.com. Um bom observador que visa criar boas análises.