Coincidência? Ter treinado a Grécia é certeza de título improvável para técnicos; entenda

Fernando Santos e Claudio Ranieri, ex-técnicos da Grécia
Crédito da foto: Montagem/Getty Images/Reprodução

Uma coincidência marcou o futebol mundial com o título de Portugal na Eurocopa 2016, após derrotar neste domingo (10) por 1 a 0 a anfitriã e favorita França. Nos últimos dois anos, sempre que um técnico treina a Grécia (campeã europeia de 2004), seu trabalho seguinte termina com um título improvável. Foi assim com os dois últimos treinadores que passaram pelo país europeu.

VEJA MAIS
SEM BALE, SELEÇÃO DE MELHORES DA EUROCOPA É DIVULGADA; VEJA

No comando luso, Fernando Santos, de 61 anos, que sucedeu Paulo Bento, dispensado após a Copa do Mundo de 2014, onde a seleção não passou sequer da primeira fase. Antes de assumir o selecionado português, ele estava à frente da seleção grega, eliminada nas oitavas de final do Mundial, na derrota por 5 a 3 nos pênaltis para a “surpresa” Costa Rica.

Depois da saída de Fernando, a Grécia teve o italiano Claudio Ranieri como técnico, porém sua trajetória foi literalmente um “presente de grego”. O selecionado grego ficou pelo caminho nas Eliminatórias para a Euro, este vencida por Portugal, com uma campanha abaixo da crítica: apenas seis pontos em dez jogos e a última posição do Grupo F, ficando atrás inclusive das Ilhas Faroe – uma ilha de apenas 50 mil habitantes, pertencente à Dinamarca.

Após deixar a Grécia, Ranieri, de 64 anos, foi contratado pelo Leicester City em um projeto de apenas salvar a equipe do rebaixamento para a Championship (Segunda Divisão do Campeonato Inglês), porém foi muito além do proposto e fez história ao ser campeão pela primeira vez na carreira de um campeonato de pontos corridos, considerando apenas as divisões de elite.

O atual comandante da seleção da Grécia é o alemão Michael Skibbe, que possui apenas um título na vida: da Copa da Turquia de 2008, com o Galatasaray. Será que após sair do selecionado grego ele surpreenderá o mundo do futebol com alguma conquista improvável?



Jornalista desde 2012, com passagens pelos jornais ABCD Maior e Diário do Grande ABC, além do canal NET Cidade. Foi repórter colaborador e hoje é líder da comunidade de colaboradores juniores, plenos e seniores no site Torcedores.com.