Batshuayi é a segunda contratação mais cara da história do Chelsea; confira o top 10

Reprodução/ Twitter

Desde que Roman Abramovich assumiu a presidência do clube, o russo não economizou para trazer grandes nomes do futebol mundial para o Chelsea.

O Chelsea, agora comandado por Antonio Conte, confirmou a sua primeira contratação para a próxima temporada. Trata-se do atacante belga Michel Batshuayi, vindo do Olympique de Marselha por 33 milhões de libras. A mais nova aquisição para o ataque dos Blues não foi o primeiro negócio milionário desde que Roman Abramovich decidiu investir na equipe. Pode-se dizer que o resultado foi positivo, já que a equipe conquistou a tão sonhada Liga dos Campeões em 2012.

LEIA MAIS:

Juan Mata deve deixar o United e já tem clube interessado no meia, segundo jornalista

Após saída de Mané, Southampton vendeu um time completo ao longo dos últimos anos; confira

Desde que o magnata russo se tornou presidente passaram pelo diversos técnicos como Claudio Ranieri, sucedido por José Mourinho, que teve duas passagens, Carlo Ancelotti, André Villas-Boas e Felipão. Com essas idas e vindas, Abramovich sempre buscou atender os pedidos dos treinadores para trazer nomes que agregassem ao elenco do Chelsea. Por isso listamos aqui as 10 contratações mais caras da história do clube:

FERNANDO TORRES – Pode se dizer que o primeiro colocado da lista, que custou aos cofres do time londrino a bagatela de 50 milhões de libras pagos ao Liverpool, foi um fracasso. Torres nunca repetiu as boas atuações dos tempos em que jogava nos Reds e no Atlético de Madrid, passando boa parte do tempo em que esteve no clube no banco de reservas.

MICHEL BATSHUAYI – Vindo de ótima temporada no Marselha, onde marcou 17 gols na Ligue 1, o Chelsea teve a concorrência do Tottenham pelo belga, mas a proposta de 33 milhões de libras cobriu a feita pelos Spurs, e o clube acertou a contratação do atacante.

DIEGO COSTA – Após brilhar no Atlético de Madrid, o Chelsea desembolsou cerca de £32,5 milhões pelo brasileiro naturalizado espanhol. A primeira temporada dele foi avassaladora, ajudando o time a conquistar a Premier League, Mas o segundo ano do camisa 19 foi decepcionante, e especula-se que ele queira retornar ao Atlético de Madrid.

WILLIAN – O brasileiro, eleito o melhor jogador do clube na última temporada, veio do Anzhi da Rússia, custando cerca de £32 milhões. O Chelsea acabou dando um ”chapéu” no Tottenham, que já considerava certo o acerto com Willian.

EDEN HAZARD – Considerado o grande nome da nova geração belga, Hazard foi trazido do Lille pelo mesmo valor de Willian, 32 milhões de libras. E apesar da temporada anterior ter sido péssima, ainda se deposita grande esperança no camisa 10 do time.

CESC FÁBREGAS – Vindo do Barcelona por cerca de 30 milhões de libras, o meia espanhol também não foi bem na última temporada, e se especulou até uma possível saída dele do clube. Espera-se que Conte consiga recuperar o bom futebol do camisa 4.

ANDRIY SHEVCHENKO – Um caso semelhante ao de Fernando Torres. Contratado por cerca de £30 milhões junto ao Milan, o ucraniano nunca repetiu as boas atuações de Milão em solo londrino.

JUAN CUADRADO – Outra decepção. Vindo da Fiorentina custando pouco mais de 26 milhões de libras. o colombiano recebeu poucas chances de Mourinho e acabou sendo emprestado à Juventus, onde reencontrou o bom futebol. O jogador agora retorna para o Chelsea, em busca de mais oportunidades na equipe titular.

MICHAEL ESSIEN – O ganês, que passou nove temporadas no clube, foi comprado do Lyon em 2005 por cerca de 24.5 milhões de libras.

DIDIER DROGBA – Um dos maiores ídolos do Chelsea, assim como Batshuaiy, veio do Olympique de Marselha por £24 milhões.

Diante dessa lista vimos que alguns nomes deram muito certo no clube mas outros decepcionaram em Londres. Será que Batshuayi seguirá os passos gloriosos de Drogba ou decepcionará assim como Torres?

 

 



19 anos, estudante de Jornalismo, zagueiro nas horas vagas, nordestino com orgulho e um completo apaixonado por futebol.