Da mão de Barcos à ira de Fabrício, reveja 5 fatos curiosos de Inter x Palmeiras

Palmeiras
Foto: Site Internacional

Neste domingo, no Beira-Rio, um grande clássico do futebol brasileiro promete muitas emoções aos torcedores. A partir das 16h, Inter e Palmeiras se encontram separados por objetivos distintos. De um lado, o Inter quer voltar a vencer justamente na estreia do técnico Falcão. Do outro, os paulistas pretendem manter a liderança. Como forma de aquecer os motores para o jogão, relembramos abaixo cinco recentes fatos curiosos envolvendo esse confronto.

LEIA MAIS:

Confira as principais respostas de Falcão em sua apresentação no Inter

Título, Peñarol e queda: relembre a última passagem de Falcão pelo Inter

1° – MARCOS AMIGO

Ídolo palmeirense e campeão mundial pelo Brasil em 2002, o goleiro Marcos foi um verdadeiro amigo dos colorados em 2004. No jogo válido pelo primeiro turno no Beira-Rio, ele se desligou completamente e deu um “passe” para Nilmar fazer o gol da vitória.

2° – O SACI RENTERÍA

Foi em um jogo contra o Palmeiras que o colombiano Wason Rentería tornou conhecida a sua comemoração no melhor estilo “Saci”. Ao fazer o gol da vitória sobre o Verdão em 2005, o atacante comemorou imitando o mascote do próprio clube e a partir de então nunca mais deixou de prestar essa homenagem após os gols. Veja a partir de 1:25.

3° – A MÃO DE BARCOS

Desesperado na briga contra o rebaixamento, que mais tarde se mostrou em vão, o Palmeiras perdeu para o Inter no Beira-Rio em 2012 e reclamou muito de um lance do atacante Barcos. Ele usou a mão para fazer um gol, que foi validado e depois anulado pelo juiz. Que confusão!

4° – IRA DE FABRÍCIO

Conhecido pelo seu forte temperamento, o atual lateral-esquerdo do Palmeiras, mas na época defendendo o Inter, Fabrício se descontrolou com o meia Bruno César em 2014. Um ano depois, ele seria mandado embora do Inter após fazer gestos ofensivos para a própria torcida. Veja a briga entre Fabrício e Bruno César a partir de 1:58.

5° – LÚCIO: “CÊ TÁ MALUCO?”

No mesmo jogo da treta entre Fabrício e Bruno César, o então palmeirense zagueiro Lúcio se exaltou com um repórter na saída de campo. “Cê tá maluco?”

 



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.