A difícil tarefa de Cuca para contratar mais dois reforços

Cuca técnico do Palmeiras

Com a saída temporária de Gabriel Jesus e Prass para a disputar dos Jogos Olímpicos 2016, o time alviverde ficou desfalcado e precisando de reformulação para não perder a liderança no Brasileirão.
Pensando nesse problema, Cuca tinha em mente a contratação de mais dois reforços para o Palmeiras, mas seu desejo foi freado pela atual postura do clube.
O time que está sempre atendo as oportunidades no mercado da bola, hoje tem a ideia central de não gastar muito em reforços, focando apenas na compra de atletas que estejam livres ou que não sejam muito caros. Desta forma, a negociação com jogadores como, o atacante Nico López (URU) e o meia Alejando Guerra (COL), não prosseguiram.
Esse ano o clube já teve duas contratações importantes, o zagueiro Yerry Mina, que foi comprado por R$12 milhões e o atacante Róger Guedes por R$2,5 milhões e ambos foram pagos por Paulo Nobre.

Como tempo para contratação está curto, pois restam apenas quatro dias para o fechamento da janela de transferências do exterior, Cuca tem a difícil tarefa de tentar conversar Paulo Nobre e Alexandre Mattos.

Imagem: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação