Evitando pressão contra a França, técnico alemão relembra o 7 a 1

Crédito da foto: Reprodução/ Facebook oficial Germany Football Team - Die Mannschaft

Na próxima quinta-feira, a Alemanha busca uma vaga na final da Eurocopa, contra a França, no estádio Vélodrome. Em entrevista coletiva na tarde desta segunda-feira, o técnico alemão Joachim Löw evitou falar sobre pressão por enfrentar o anfitrião da competição. Para isso, relembrou o 7 a 1 contra o Brasil na Copa do Mundo de 2014.

LEIA MAIS:
VÍDEO: CRISTIANO RONALDO INCENTIVA MOUTINHO A BATER PÊNALTI “SE PERDEMOS QUE SE FO..”

“Nós encaramos o país-sede na semifinal. A equipe [Brasil] estava empurrada por uma população de 200 milhões, e nós fizemos tudo bem. Tenho certeza que eles estão aptos para lidar com a pressão outra vez”, afirmou.

Na ocasião, os alemães enfrentaram a seleção brasileira também pela semifinal. O resultado foi a fatídica goleada, que ficou marcada na história das Copas do Mundo.

Nesta Euro, a Alemanha chegou à semifinal após eliminar a Itália. Depois do empate por 1 a 1 no tempo normal, os comandados de Löw venceram nos pênaltis. Já os franceses, donos da casa, golearam a estreante Islândia por 5 a 2.

Ambos chegam com moral para o confronto. Mesmo assim, o treinador alemão mostrou confiança na classificação. “Respeitamos a França, isso é claro, mas independente da nossa situação sabemos exatamente o que temos que fazer”, comentou.

O vencedor encara quem passar do duelo entre Portugal e País de Gales, que acontece na quarta-feira, às 16h. A final será disputada no domingo, no Stade de France.



Paulistano, estudante de jornalismo, 20. Desde 2015 no Torcedores.com.