Filho de peixe… Veja jogadores dos anos 90 cujos filhos tentam seguir caminho dos pais

Filhos de Mazinho, Rafinha e Thiago (Facebook)

Há exatamente 22 anos, no dia 9 de julho de 1994, Bebeto driblava o goleiro holandês De Goej e marcava o segundo gol do Brasil sobre a Holanda, na vitória por 3 a 2, e corria para celebrar. Na comemoração, ao lado de Mazinho e Romário, festejou o nascimento do filho, Matheus.

Hoje, Mattheus defende o Estoril, de Portugal, depois de passar por todas as categorias de base do Flamengo. Diferentemente do pai, o jovem atua como meia.

Assim como Bebeto, outros jogadores dos anos 1990 podem ver seus filhos nos campos do Brasil e da Europa. Daquela Seleção de 1994, Mazinho e Romário são alguns exemplos. O ex-volante é pai de Rafinha e Thiago Alcântara, jogadores do Barcelona e do Bayern de Munique, respectivamente. Já Romário Júnior, filho do Baixinho, está na segunda divisão japonesa, no Zweigen Kanazawa.

Outro campeão mundial, Rivaldo também tem um filho profissional, o Rivaldinho. Depois de passar por Mogi Mirim, Boavista e XV de Piracicaba, o atacante foi contratado para jogar no time reserva do Internacional.

Confira quais são os jogadores cujos pais brilharam, ou não, na década de 1990.

Marcelinho Carioca
O ex-meia do Corinthians tem dois filhos que tentam seguir a carreira do pai. Lucas está na base do Santos e Matheus, no Corinthians.

Donizete Pantera
Ex-atacante de Botafogo, Vasco, Corinthians e Palmeiras, Pantera tem o filho Renan, de 20 anos, que jogou na base de Vasco e Flamengo.

Macedo
É muito lembrado por suas passagens por São Paulo e Santos, mas jogou ainda por Cruzeiro, Vasco, Grêmio e Coritiba. Seu filho, Lucas, é da base do Palmeiras.

Vagner Mancini
Atual técnico do Vitória, Vagner Mancini tem o filho Matheus Mancini, zagueiro do Botafogo-SP.

Alcindo
Ex-Grêmio, Flamengo e Corinthians, Alcindo tem o filho Igor Sartori no Red Bull. O atacante, de 23 anos, começou no CFZ, passou por Kashima Antlers, Flamengo e Bragantino.

Diego Simeone
Ídolo argentino e do Atlético de Madrid, Simeone vai torcer pelo filho Gio Simeone, do River Plate, na Olimpíada do Rio.