Goleiro do Grêmio projeta disputa com o Palmeiras pela liderança

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

A vitória no Gre-Nal e a retomada do bom futebol contagiaram o Grêmio. Nem mesmo a diferença de quatro pontos imposta pelo líder Palmeiras desmotiva a equipe gaúcha – terceira colocada com 24 pontos. Para o goleiro titular Marcelo Grohe, a liderança no momento não é o mais importante, mas é fundamental que o Grêmio possa seguir na “cola” do Palmeiras.

LEIA MAIS:

CONFIRA O GOL DE DOUGLAS NO GRE-NAL EM CINCO NARRAÇÕES DIFERENTES

GRÊMIO SE MANTÉM NA FRENTE DO INTER EM RANKING MUNDIAL DE SITE INGLÊS

As duas equipes já se enfrentaram no início do primeiro turno. Em um jogo eletrizante no Pacaembu, em São Paulo, o Grêmio deixou escapar pontos preciosos contra o rival direto pelo título. O time de Roger Machado chegou a estar vencendo de virada por 3×2, mas vacilou na bola aérea e perdeu por 4×3. O duelo foi pela quinta rodada.

Em entrevista à Rádio Guaíba nesta segunda-feira, Grohe também comemorou o fato de, em sua análise, o Grêmio ter retomado o bom futebol nas duas rodadas, quando venceu o Santos por 3×2 em casa e o tradicional rival Inter, por 1×0, no Beira-Rio. Antes das duas partidas, o tricolor havia perdido em sequência para Vitória e Atlético-PR. Sobre a liderança, o goleiro quer ver o Grêmio próximo ao Palmeiras.

“Se eles abrem oito, nove pontos, fica bem mais difícil. Não podemos deixar eles descansarem, temos que estar o mais perto deles possível… (Sobre o título) Essa é a nossa briga. Retomamos o bom futebol nos últimos dois jogos”, avaliou o arqueiro do Grêmio.

Entre Palmeiras e Grêmio, no entanto, ainda há o Corinthians, que é o segundo colocado com 25 pontos. A disputa pela liderança ganhará novo capítulo na próxima rodada, que se inicia no sábado. O Grêmio recebe o Figueirense no domingo de manhã, enquanto o Palmeiras joga em casa contra o Santos na terça-feira. Já o Corinthians visita a Chapecoense no sábado.



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.