‘’Grande ídolo do momento’’ afirma Ceni sobre o zagueiro Maicon

Divulgação/São Paulo

Há dois dias da grande semifinal da Copa Libertadores 2016, o estádio do Morumbi recebeu dois jogadores que são ídolos da torcida Tricolor, o goleiro Rogério Ceni, o M1T0, e o zagueiro Maicon, o God Of Zaga.

LEIA MAIS!

SÃO PAULO X ATLÉTICO NACIONAL: VEJA AS OPÇÕES DE BAUZA PARA SUBSTITUIR GANSO

Maior goleiro e um dos maiores idolos da história do São Paulo Futebol Clube, o goleiro Rogério Ceni, junto ao zagueiro Maicon, estiveram juntos no Estádio do Morumbi para uma gravação, que chamava o torcedor tricolor para acompanhar o jogo. Logo após, ambos gravaram um vídeo para o site do clube, onde Rogério entrevista Maicon.

– Eu estou aqui no Morumbi, véspera do jogo do São Paulo contra o Atlético Nacional, aqui o Maicon, o grande ídolo do momento, mais do que merecido por tudo que ele fez. E queria saber se ele já jogou como goleiro e qual foi a sensação de entrar naquele minuto final da partida com o The Strongest, em La Paz, na altitude, não podendo sofrer gols? Aquelas duas saídas de bola… até eu vou treinar mais para ver se consigo sair daquele jeito – falou Ceni.

Recém contratado em definitivo pela diretoria do São Paulo, Maicon se tornou um ídolo pela excelente temporada que o mesmo tem feito e além disso, pela garra que o zagueiro mostra. O jogador respondeu pergunta do goleiro com algumas risadas:

– Foi incrível, né, aquele oportunidade que eu tive ali, num momento de ajudar a equipe, sabendo que a gente não podia sofrer gol. É um momento que vai ficar marcado para a minha vida inteira – afirmou o jogador.

A moral de Maicon está tão alta, que Ceni elogiou o zagueiro como goleiro na partida em La Paz:

– Posso dizer uma coisa pra você: fundamento correto, movimento correto, pé direito protegendo do atacante. Por aqueles minutos analisados, jogaria no gol. Na saída de gol, fantástico. E na zaga, então, nem se fala – comentou o M1to.

O São Paulo encara o Atlético Nacional na próxima quarta-feira, a partida começa ás 21h45, no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

Foto: Divulgação/São Paulo



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.