Guerrero fora? Presidente do Flamengo fala sobre possível chegada de Leandro Damião

Reprodução/ESPN Brasil

Em entrevista à ESPN Brasil, o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, negou que Paolo Guerrero irá deixar a Gávea ainda em 2016. Para o mandatário, a saída do peruano só irá ocorrer se algum clube se propor a pagar a multa rescisória do atleta, avaliada em R$ 25 milhões.

LEIA TAMBÉM:
Flamengo x Atlético-MG: confira os melhores momentos do jogo

Sobre a chegada de Leandro Damião, Bandeira de Mello refutou que a atitude visa repor uma saída do camisa 9. O presidente conversou com o repórter Cícero Mello neste domingo após a vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-MG, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro.

“A situação que você comentou (chegada de Damião) está perto de ser concretizada, mas não está associada à venda ou dispensa do Guerrero, um atleta excepcional”, afirmou o presidente rubro-negro na saída do Mané Garrincha.

“Ele tem contrato com o Flamengo, multa em caso de saída, mas não é nossa intenção a venda de Guerrero”, completou. Você pode acompanhar a entrevista na íntegra no site ESPN.com.br.

Nos últimos dias, o Flamengo se aproximou de um acerto com Leandro Damião, ex-Internacional, Santos e Cruzeiro. O atacante de 26 anos jogou no primeiro semestre pelo Real Bétis, porém não conseguiu agradar os espanhóis. Além de Guerrero, Damião encontrará também a concorrência do jovem Felipe Vizeu, que marcou os dois gols da vitória sobre o Galo.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.