F1: Hamilton vence GP da Inglaterra, e se aproxima de Rosberg no campeonato

Hamilton venceu pela quarta vez em Silverstone. (Foto: Getty Images)

Lewis Hamilton venceu na manhã deste domingo (10) o animado Grande Prêmio da Inglaterra, décima etapa da temporada 2016 da Fórmula 1, disputada no circuito de Silverstone. O resultado, obtido em uma pista que estava molhada no início da prova e foi secando posteriormente, representou a quarta vitória do tricampeão mundial em seu país, igualando-o ao campeão do mundo Nigel Mansell.

A segunda colocação ficou com Nico Rosberg, que travou grande batalha com Max Verstappen para garantir este resultado. O alemão, porém, tem o resultado ameaçado, uma vez que está sob investigação por conta da equipe tê-lo ajudado via rádio. O holandês da Red Bull completou o pódio, e foi seguido por Daniel Ricciardo e Kimi Räikkönen.

Em boa exibição, Sergio Pérez levou a Force India até a sexta colocação, sendo seguido pelo companheiro de equipe Nico Hülkenberg. Carlos Sainz, mesmo com uma rodada forte durante a corrida, terminou em oitavo com a Toro Rosso, enquanto Sebastian Vettel, mesmo punido por uma manobra com Felipe Massa, terminou em nono. A zona de pontos ainda contou com Daniil Kvyat.

Felipe Massa terminou a prova com a 11ª colocação, com a Williams. Na parte final, o brasileiro foi aos boxes e colocou pneus macios, mas não conseguiu retornar ao grupo dos dez melhores. Felipe Nasr completou a corrida na 15ª posição, com o carro da Sauber.

A Fórmula 1 terá sua próxima etapa em duas semanas, quando haverá a realização do Grande Prêmio da Hungria, no circuito de Hungaroring.

Confira como foi o GP da Inglatera

Por conta da pista molhada, a prova foi iniciada com o Safety Car, que se manteve na pista até a abertura da sexta volta, quando boa parte dos pilotos foram aos boxes trocar os pneus de chuva pelos intermediários, entre eles Vettel e Räikkönen. No giro seguinte, Ricciardo e Massa fizeram suas paradas, também calçando os intermediários.

O Safety Car Virtual teve de ser acionado na sétima volta, após o carro de Pascal Wehrlein ficar parado na brita. Neste momento, Hamilton, Rosberg, Verstappen, Pérez e Nasr fizeram a troca de pneus. A prova foi retomada no giro seguinte, e logo Massa passou a segurar um grupo que tinha Bottas, Hülkenberg e Alonso.

Bottas rodou na 11ª volta, quando era pressionado por Hülkenberg. O alemão da Force India, por sua vez, rapidamente se aproximou de Massa, mas não conseguiu a manobra de ultrapassagem. Na 15ª passagem, Vettel foi aos boxes e colocou pneus médios, enquanto no giro seguinte, Verstappen avançou ao segundo lugar após superar Rosberg.

Jolyon Palmer foi liberado dos boxes pela Renault com apenas três rodas no carro, atitude que rendeu ao britânico uma punição de dez segundos. Na 18ª passagem, Hamilton, Rosberg e Ricciardo colocaram os pneus slicks, enquanto Verstappen parou uma volta depois. Logo na sequência, Ricciardo superou Pérez para assumir a quarta posição.

Alonso rodou na 24ª volta, danificando a asa dianteira, mas conseguiu seguir na corrida. Outro que perdeu o controle do carro foi Sainz, que quase foi atingido por um carro da Ferrari. Dois giros depois, Haryanto abandonou a prova após ficar parado na brita.

Com a pista mais seca, Nico Rosberg passou a atacar Verstappen a partir da 31ª volta, mas sofreu com uma boa defesa do holandês, que só foi superado na 39ª passagem. Uma volta antes, Vettel jogou Massa para fora da pista para ultrapassá-lo, assumindo a nona posição. A manobra, porém, foi punida com um acréscimo de cinco segundos ao tempo final da corrida do alemão.

Massa foi para os boxes e colocou pneus macios na 39ª volta, enquanto Alonso colocou novos compostos médios na 41ª passagem. Seis giros depois, Räikkönen passou Pérez para ganhar a quinta posição. Na frente, Rosberg passou a sofrer com a perda de rendimento, e viu Verstappen se aproximar, sem sucesso. Apesar disso, o alemão da Mercedes recebeu ajuda de sua equipe via rádio, e está sob investigação após a corrida.

Na frente, Hamilton seguiu tranquilo para vencer pela quarta vez em Silverstone.

Foto: Getty Images



Jornalista com passagens pelas revistas Racing e House Mag.