Inter x Palmeiras: Cuca tem dois ex-colorados à disposição para o jogo

Palmeiras
Foto: Cesar Greco / Palmeiras / Divulgação

Inter e Palmeiras se encontram no Beira-Rio neste domingo com a promessa de grande jogo. A partir das 16h, as duas equipes se enfrentam separadas por objetivos distintos. Do lado colorado, a grande atração será a reestreia do técnico Paulo Roberto Falcão, ex-jogador do clube e ícone colorado da década de 70. Ele assume pela terceira vez a condição de treinador do Internacional. 

LEIA MAIS:

Confira as principais respostas de Falcão em sua apresentação no Inter

Título, Peñarol e queda: relembre a última passagem de Falcão pelo Inter

Líder do campeonato com 29 pontos, o Palmeiras verá contra si um longo jejum neste domingo. Já são quase 19 anos sem vencer o Inter no Beira-Rio. Neste período, foram 10 derrotas e quatro empates. A última vez que o Porco venceu os colorados em Porto Alegre foi no Brasileirão de 1997, por 1×0, com gol do lateral Vágner. Curiosamente, esse foi o ano em que nasceu Gabriel Jesus, destaque atual do time, que volta depois de cumprir suspensão contra o Santos.

Para tentar barrar esse tabu e voltar a vencer no Beira-Rio, o Palmeiras terá à disposição dois velhos conhecidos do Internacional. O meia Cleiton Xavier deverá ser titular no setor de criação, enquanto o lateral-esquerdo e meia Fabrício fica como opção para um segundo momento do jogo.

Cleiton Xavier teve uma boa passagem pelo Inter entre 2002 e 2004. quando sagrou-se bicampeão estadual (03 e 04). No entanto, a partir de 2005 acabou emprestado e jogou em uma série de clubes menores até chegar ao Palmeiras em 2009. Depois de seis temporadas no Metalist, da Ucrânia, ele voltou ao Palmeiras no ano passado.

Já Fabrício é um personagem mais recente na história do Inter. Ele chegou ao clube em 2011 e inicialmente revezou-se na titularidade da ala esquerda com o experiente Kleber. Com a saída do companheiro, Fabrício assumiu a titularidade em 2014 e viveu uma relação de amor e ódio com a torcida colorada. Em uma partida pelo Gauchão de 2015, o jogador não aceitou ser vaiado e fez gestos ofensivos para as arquibancadas. No ano passado, jogou no Cruzeiro.

Veja os 23 jogadores relacionados de Cuca para a partida:

Goleiros: Fernando Prass e Vagner
Laterais: João Pedro, Egídio e Zé Roberto
Zagueiros: Vitor Hugo, Edu Dracena e Thiago Martins
Volantes: Arouca, Jean, Thiago Santos e Matheus Sales
Meias: Allione, Cleiton Xavier, Fabrício e Tchê Tchê
Atacantes: Rafael Marques, Dudu, Erik, Gabriel Jesus, Róger Guedes, Leandro Pereira e Lucas Barrios



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.