Mercado da Bola 2016: Preços altos dificultam os times brasileiros e Tardelli pode parar na Arabia

Reprodução / Sina.com

Sem espaço no Shandong Luneng, o atacante Diego Tardelli está de saída do futebol chinês, porém o jogador ainda não tem um destino.

LEIA MAIS!

MERCADO DA BOLA: KARDEC DEIXA O SÃO PAULO PARA JOGAR NA CHINA

A movimentação do Shandong Luneng na reta final da janela de transferências do futebol chinês parece ter surpreendido Diego Tardelli. Mesmo mantido como titular após a chegada do treinador alemão Felix Magath, o atacante acabou perdendo espaço com a chegada de Graziano Pellè e Pappis Cissé. O futuro, até o momento, é incerto, mas o futebol árabe aparece como favorito para levar o jogador.

Tardelli está á espera dos seus empresários nessa sexta-feira, 15, o jogador deverá definir o seu futuro nos próximos dias e mesmo sem saber pra onde ir, ele já sabe onde talvez não irá: ao Brasil. Isto porque os salários altos e a proposta alta pedida pelo Shandong não agradaram as equipes brasileiras.

O salário de Tardelli gira em torno de US$ 375 mil (R$ 1,2 milhão) por mês, inviável para os padrões do Brasil. Uma mudança para o futebol do país, que só pode acontecer até o dia 19 de julho – data limite para transferências internacionais -, seria facilitada em caso de empréstimo. Para os árabes, que também demonstraram interesse, as cifras não seriam problema, deixando a decisão nas mãos do jogador.

Além de não ter agradado os torcedores do Shandong Luneng, o atacante Diego Tardelli não continuará no elenco, pelo fato de a equipe ter passado dos cinco estrangeiros (Gil, Montillo, Pellé, Cissé e Jucilei) e não ter espaço ao jogador brasileiro.

(Foto: Reprodução / Sina.com)



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.