Mercado da Bola: Saiba quais são os brasileiros que jogam na China que poderiam reforçar seu time

Crédito da foto: Divulgação das redes sociais dos atletas

Após um início de ano com ataque brutal ao futebol brasileiro, o mercado da bola chinês nesse meio de ano não fez grandes investidas para reforçar seus clubes. Os jogadores que brilharam no Campeonato Brasileiro da edição passada estão atuando com sucesso nos torneios asiáticos, mas alguém nomes ainda podem balançar com uma proposta de retorno

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA: EMPRÉSARIO DE MARLONE REVELA POR QUE O JOGADOR DESISTIU DO SPORT
SEM GANSO E KELVIN, TRICOLOR RELACIONA 22 JOGADORES PARA ENFRENTAR O ATLÉTICO NACIONAL
VÍDEO: MARINHO “TROLLA” REPÓRTER AO SER PERGUNTADO O QUE FALTOU PARA O VITÓRIA BALANÇAR AS REDES

Com o ciclo de contratações se encerrando nesta sexta-feira (15), o Torcedores.com listou bons nomes que atuam na terra dos olhinhos puxados que poderiam retornar ao Brasil e brilhar no segundo turno do Brasileirão.

1 – Luis Fabiano (Tianjin Quanjian) – O atacante assinou com o clube chinês após ver o seu vínculo com o São Paulo não ser renovado. É um centroavante de área, com faro de gols e goleador. Com a saída de Luxemburgo do time, a volta do atacante pode acontecer.

Luis Fabiano (Tianjin Quanjian-CHN), Foto: Reprodução/Facebook
Luis Fabiano (Tianjin Quanjian-CHN), Foto: Reprodução/Facebook

2 – Jadson (Tianjin Quanjian) – Um dos pedidos do então técnico Luxemburgo era contar com o jogador. No entanto, o treinador acabou sendo demitido e o atleta não está na lista dos atletas preferidos do novo comandante do clube. O salário de mais de R$ 1 milhão pode pesar contra a sua volta.

Reprodução/Facebook oficial Shakhtar Donetsk
Reprodução/Facebook oficial Shakhtar Donetsk

3 – Geuvânio (Tianjin Quanjian) – Outro atleta que foi comprado a a peso de ouro sobe a tutela de Luxemburgo. Porém, o ex-santista agrada por ser novo e ter se ambientado ao clube, mas o staff do jogador não fechará as portas para um regresso. Falta visibilidade para o jogador na China.

Divulgação/Tianjin
Divulgação/Tianjin

4 – Anselmo Ramon (Hangzhou Greentown) – o centroavante acumula passagens por Cruzeiro e Vitória com gols. Há três anos no futebol chinês, Anselmo sofreu um duro golpe do clube ao não ser inscrito para atual temporada. É um nome que deve retornar de graça, apesar de ter contrato até o final do ano vem.

Divulgação/Anselmo Ramon_Hangzhou Greentown Oficial
Divulgação/Anselmo Ramon_Hangzhou Greentown Oficial

5 – Jô (Jiangsu Suning) – Contratado há seis meses, o jogador vive altos e baixos, se consegue marcar na Liga dos Campeões da Ásia, sofre seca de gols no nacional. O clube é o segundo mais rico da China e já busca outro atacante. A vinda de outro jogador abre as portas para a saída do brasileiro.

Divulgação/Site Oficial Jiangsu Suning (Jô a esquerda)
Divulgação/Site Oficial Jiangsu Suning (Jô a esquerda)

6 – Kléber (Beijing Gouan) – Atacante com passagens por Palmeiras e Atlético-MG está em baixa e não atua há dois meses no campeonato nacional. O atleta deverá sair para dar lugar a outro estrangeiro.

Divulgação/Twitter Oficial Beijing Gouan_Kleber
Divulgação/Twitter Oficial Beijing Gouan_Kleber

7 – Diego Tardelli (Shandong Luneng) – Apesar do bom momento e de ganhar muito bem, o jogador manifestou a vontade de voltar ao Brasil ou jogar na Europa. O fato de se afastar da seleção brasileira é o principal fator. O clube atendeu seu pedido e o libero para negociar por empréstimo com quem bancar seu salário.

Getty Images
Getty Images

8 – Gil (Shandong Luneng) – o zagueiro com passagens por Cruzeiro e Corinthians se transferiu ao futebol chinês no início da temporada, mas parece que deseja retornar. Em foto de um fotógrafo do Timão nas redes sociais, o jogador manifestou o desejo de retornar.

gil getty images
Crédito da foto: Getty Images


Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.