Mercado da Bola: Veja os jogadores brasileiros que recusaram ofertas tentadoras da China

Crédito das fotos: Reprodução/Site oficial de Corinthians, Palmeiras e Santos

O mercado de transferências chinês se encerrou nesta sexta-feira (15), às 13h, e trouxe alivio para vários clubes do futebol brasileiro. Após o forte assedio e a debandada causada no Corinthians no início da temporada, as equipes brasileiras já temiam perder suas principais estrelas para o futebol asiático.

LEIA MAIS:
MERCADO DA BOLA: EMPRÉSARIO DE MARLONE REVELA POR QUE O JOGADOR DESISTIU DO SPORT
SEM GANSO E KELVIN, TRICOLOR RELACIONA 22 JOGADORES PARA ENFRENTAR O ATLÉTICO NACIONAL
VÍDEO: MARINHO “TROLLA” REPÓRTER AO SER PERGUNTADO O QUE FALTOU PARA O VITÓRIA BALANÇAR AS REDES

O Torcedores.com lista os casos de desistências recentes que abalaram o mercado de transferências brasileiro:

1 – Dudu (Palmeiras) – no início de julho o atacante do Palmeiras foi assediado pelo futebol asiático com uma oferta salário de R$ 1,5 milhões ao mês, livre de impostos. Apesar da direção do Verdão não aceitar a investida, Dudu também não se mostrou interessado em sair do Brasil.

Dudu
Foto: Divulgação/Site Oficial do Palmeiras

2 – Gabigol (Santos) – o Hebei Fortune, da China, ofereceu ao jogador cerca de US$ 1,8 milhões por mês (R$ 6 milhões) mais luvas de US$ 5 milhões (R$ 17 milhões) pela assinatura do contrato. O atacante recusou a oferta tentadora acreditando que o futebol asiático o tiraria dos olhos do Seleção Brasileira.

Ivan Storti/ Santos FC
Ivan Storti/ Santos FC

3 – Daniel Alves (Juventus) – Segundo revelado pelo jornal Mundo Deportivo, o lateral direito Daniel Alves entrou no radar dos asiáticos e recebeu oferta de 12 milhões de euros (R$ 52 milhões) anuais para receber em contrato até 2018. Porém, o jogador não aceitou a proposta.

 

Reprodução/ Twitter
Reprodução/ Twitter

4 – Alexandre Pato (Corinthians) – Antes de ir ao Chelsea, em janeiro, Alexandre Pato recusou uma oferta de Tianjin Quanjian, da China, em que lhe renderia R$ 180 milhões. O clube oriental estava disposto a desembolsar aproximadamente € 20 milhões (R$ 88,1 milhões) por 100% dos direitos econômicos.

Corinthians
Divulgação/Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

5 – Elias (Corinthians) – com o desmanche sofrido pelo Timão no início do ano, o volante quase deixou o clube o rumo ao Hebei China Fortune, da China, para ganhar um salário de R$ 2 milhões por mês. Porém, as exigências apresentadas aos emissários do Hebei China Fortune-CHN e o desejo de se manter na seleção fizeram com que o negócio não avançasse.

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

6 – Lucas Lima (Santos) – o meio-campista do Peixe recusou uma proposta de, aproximadamente, R$ 5 milhões por mês do Shandong Luneng, da China, em janeiro. O medo de ficar fora do radar da Seleção impediu a transferência do jogador.

Cartola FC
Crédito de imagem: Ivan Storti/ Santos FC

7 – Nenê (Vasco) – após grande campeonato, mesmo com o rebaixamento do Vasco, o meio-campista foi sondado pelo Shandong Luneng, da China, mas não demonstrou interesse na transferência e nem chegaram a discutir valores.

Vasco x Santa Cruz
Foto: Paulo Fernandes/ Vasco.com.br

8 – Ganso (São Paulo) – De acordo com pessoas próximas ao jogador, o Hebei China Fortune seduziu o meio-campista do São Paulo, mas não chegou a fazer uma proposta oficial.

Crédito da foto: Reprodução\ Instagram oficial do Ganso
Crédito da foto: Reprodução\ Instagram oficial do Ganso

 



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.