Mercado da bola: Volante ex-Corinthians assina por time do Campeonato Espanhol

Com passagem destacada pelo timão entre 2012 a 2014, o volante Guilherme Santos, de 25 anos, e que hoje pertence a Udinese, foi anunciado neste sábado (16) pelo Deportivo La Coruña.

Leia mais
Real Madrid fará oferta para comprar e deixar Jesus no Palmeiras, diz jornal

Tendo ficado apenas três posições acima da zona de rebaixamento na última temporada, o tradicional Deportivo La Coruña segue em busca de reforços para fazer um campanha mais tranquila na La Liga. Ativo no mercado, o clube já havia acertado a chegada de sete jogadores. Neste sábado foi a vez do oitavo, que por sinal é bastante conhecido do público brasileiro. Primeiro por ser natural do país, segundo por ter uma recente boa passagem por uma das principais camisas do futebol nacional.

Falamos de Guilherme Santos, meio campista destaque da Barcelusa em 2011. Firme na marcação e com boa margem para chegar ao ataque, Guilherme atraiu o interesse de praticamente todos os clubes grandes do Brasil, optando no final por se vincular ao Corinthians.

No timão foi campeão da Recopa Sulamericana e fez mais de 80 partidas oficiais, somando a isso 9 gols, média mais que satisfatória para um volante.

Os números e o bom futebol pelo timão fez Guilherme Santos ser vendido para a Udinese por cerca de R$ 4 milhões de reais em julho de 2014. Com apenas 30% do passe, foi o máximo que o clube do Parque São Jorge pôde lucrar na negociação.

Duas temporadas e 43 jogos depois em Udine, será a vez de Guilherme experimentar a sensação de jogar o Campeonato Espanhol, com estrelas como Messi, Neymar e Cristiano Ronaldo.

No Deportivo, ficará uma temporada com o direito de compra pendente para ser ou não exercido daqui há um ano.

Sucesso com brasileiros

Investir em brasileiros passa longe de ser uma novidade para o Deportivo. Em épocas mais áureas, o clube de Corunha desbancava os gigantes Real e Barça, com nomes como Mauro Silva, Bebeto, Rivaldo, Flavio Conceição e Renaldo.

Hoje, o presente não é mais tão brilhante como há pouco mais de uma década atrás. Ainda assim, brasileiros ainda brilham. Um dos grandes pilares do time, por exemplo, é o zagueiro Sidinei, que foi revelado no Internacional, passou no Benfica, e é xerife do Depor já há duas temporadas. Sucesso que o fez ser até fortemente cogitado no Barcelona.