Nada de São Paulo: Aloísio “Boi Bandido” define futuro

Aloísio "Boi Bandido"
Divulgação/Hebei Fortune

Depois de encerrar vínculo com o Shandond Luneng e ter especulações acerca de seu nome de que voltaria para o São Paulo, o Boi Bandido definiu o futuro: permanecerá na China para jogar pelo Hebei Fortune. O contrato de Aloísio com a equipe é válido por um ano e meio.

LEIA MAIS:

Apesar de ter demonstrado o desejo de voltar ao Brasil e criado a expectativa na torcida são-paulina de que poderia vestir novamente a camisa do Tricolor, Aloísio vai atuar no time que ainda conta com o argentino Lavezzi e o marfinense Gervinho, entre outros atletas.

Em sua conta no Instagram, o atacante se pronunciou a respeito do novo clube. Confira:

 

ALOÍSIO NO SÃO PAULO

O Boi Bandido teve passagens por outros clubes do Brasil, como Grêmio, Chapecoense e Figueirense. Mas foi no São Paulo que Aloísio teve o melhor momento da carreira. Apesar da fase ruim que o time do Morumbi vivia em 2013 (ano de Aloísio no Tricolor), o atacante caiu nas graças da torcida por conta da raça e dedicação em campo. Algumas vezes os são-paulinos pediam que o ídolo Luís Fabiano ficasse no banco para que o Boi pudesse jogar.

Outra marca registrada de Aloísio no São Paulo é o jeito que o atacante comemorava os gols. Costumava dar “voadora” na bandeirinha e já aplicou o golpe no meia Jadson e até no técnico Muricy Ramalho, que chamou “carinhosamente” o atacante de louco na época. Relembre o lance aqui.