Relembre a negociação que fez Ganso trocar o Santos pelo São Paulo

Ganso no São Paulo
Crédito da foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Paulo Henrique Ganso já não é jogador do São Paulo. O Tricolor confirmou neste sábado (16) a venda do meia para o Sevilla. Mas há quatro anos, Ganso protagonizava uma transferências polêmica entre Santos e São Paulo. Relembre como foi.

LEIA MAIS:
RELEMBRE OS MELHORES MOMENTOS DO MEIA NO SÃO PAULO
SAIBA COMO FOI A PASSAGEM DO MEIA PELO SÃO PAULO EM NÚMEROS

Paulo Henrique Ganso era, ao lado de Neymar, uma das estrelas do time do Santos que venceu a Copa do Brasil de 2010, a Libertadores de 2011 e a Recopa de 2012. No entanto, lesões e uma queda no rendimento afastaram o interesse dos emblemas europeus. Entretanto, Ganso não escondia que não desejava permanecer no Peixe. Foi aí que entrou o São Paulo.

O Tricolor queria contar com o jogador, mas não tinha dinheiro suficiente para pagar os R$ 23,9 milhões pedidos pelo Santos pelos 45% do seu passe. O São Paulo recorreu então à DIS, braço esportivo do Grupo Sonda, para conseguir completar o faltante. O clube do Morumbi pagaria R$ 16,4 milhões e a DIS R$ 7,5 milhões.

Depois de um mês e meio de negociações – e vários entraves envolvendo a substituição da penhora de 20% das receitas do Santos pela penhora do CT Meninos da Vila – e quatro propostas, o Santos rescindiu o contrato de Paulo Henrique Ganso no dia 21 de setembro desse ano e o jogador encerrou a sua passagem pelo Peixe após 162 partidas disputadas, 36 gols marcados e cinco títulos. O Santos recebeu o valor desejado e ainda 5% de uma transferência futura.

Após cinco temporadas com a camisa Tricolor, nas quais fez 221 jogos, 24 gols e 49 assistências – foi campeão da Copa Sul-Americana em 2012-, Paulo Henrique Ganso enfim cumpre o sonho de jogar na Europa.

Crédito da foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net