Opinião: Meus centroavantes dos sonhos

sao paulo
Crédito da foto: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Quem não gostaria de ter centroavantes como o Calleri, agora ex-São Paulo, e Lucas Pratto, do Atlético Mineiro, entre outros? Esses nomes que citei são jogadores que qualquer torcedor sonha em ter no time, pois são atletas muito aguerridos e que se não der na técnica, vai na raça, e na maioria das vezes é o que acontece.

LEIA MAIS:
“FICO COM O SENTIMENTO DE UM DIA PODER VOLTAR”, DIZ CALLERI EM DESPEDIDA DO SÃO PAULO

E mesmo que ele não vá bem no jogo, será aplaudido pela torcida, pois não faltou luta e garra, isso mostra o quão importante é um jogador desse tipo, que são raros. Nem todos se doam tanto pelo time, até por serem atacantes e não precisarem correr tanto pelo time. Porém há quem prefira um cara mais técnico, mas, numa votação, creio que o cara da raça prevaleceria diante do atacante técnico.

É mais que lindo ver o centroavante do seu time correndo atrás dos zagueiros adversários para dar bote e roubar bolas, tratando todas as divididas como se fossem as últimas de sua vida, tratando as partidas como se também fossem as últimas, fazendo zagueiros ficarem nervosos e fazendo-os levar cartão, e por aí vai…

Vejo esse tipo de jogador como essencial em qualquer clube, pois eles podem servir de exemplo para os outros, assim como o Calleri foi no São Paulo e Pratto ainda é no Galo. E também pelo fato de levantar o astral da torcida durante um jogo e inflamar de vez. Por isso, vejo como essencial esse tipo de jogador, não só atacantes, mas também zagueiros e volantes, que precisam sempre estar demostrando pegada durante o jogo.

Um jogador que é um primor técnico, mas que também tem raça no sobrenome é o Luis Suarez, do Barcelona. Vocês acham mesmo que ele precisa ser raçudo num time como o Barcelona? E mesmo assim ele é, e meio que mudou o estilo do time, que sempre foi somente de muita técnica na frente.