Opinião: Santos tem que bater o pé e não vender Gabigol

Crédito da foto: Reprodução\ Facebook oficial do Santos

A Juventus da Itália sinaliza com uma proposta salarial de quase 1 milhão pelo Gabigol, e o jogador parece ter gostado e aceitado a oferta. Porém o Santos tem contrato com o atleta, paga seu salário em dia, e portanto se deseja ser Campeão Brasileiro não pode vender o camisa 10 santista por hipótese alguma.

E outra, o valor oferecido de € 20 milhões (R$ 73 milhões) não agrada o clube, portanto não existe motivo nenhum para se desfazer do maior talento Peixe após Neymar.

Aquele papo de que se não vender agora ele ficará insatisfeito e não vai render como antes é cascata, para o jogador continuar tendo proposta de clubes europeus e também ser convocado pelo técnico Tite para a Seleção brasileira ele tem obrigatoriamente estar jogando bem em um grande nível, por isso não acredito em corpo mole do Gabigol.

Gabriel pode ficar triste, mas jamais deixará de honrar o manto sagrado do Santos, é claro que uma oferta de um gigante balança a cabeça de qualquer um, porém time nenhum pode ficar na mão de jogador, se a proposta não é boa suficiente ao Peixe não pode vender, seria um erro.

E Modesto Roma não tem o direito de tirar o sonho da nação santista de ser Campeão Brasileiro, o clube nos últimos anos faz campanha apenas mediana no Brasileirão, mas nesta temporada formou uma equipe que pode brigar pelo título, porém vendendo seu principal atacante, sua grande estrela, esse sonho vai por água abaixo.

Crédito da foto: Reprodução\ Facebook oficial do Santos Futebol Clube



Estudante de Jornalismo. Setorista no Torcedores.com do Santos e Botafogo.