Palmeiras: Sem dores musculares, Dudu acredita em quebra de tabu contra o Internacional

Dudu Drogba
Cesar Greco/Ag.Palmeiras

O Palmeiras já está em Porto Alegre, onde enfrenta o Internacional pela 15ªrodada do Campeonato Brasileiro 2016, o atacante Dudu deu entrevista coletiva e destacou que acredita numa quebra de tabu contra o colorado.

LEIA MAIS!

5 MOTIVOS PARA ACREDITAR QUE O PALMEIRAS VENCERÁ O INTERNACIONAL

Relacionado pelo técnico Cuca após apresentar melhoras num quadro de desgaste muscular, o atacante Dudu acredita que o Palmeiras tem totais condições de encerrar neste domingo um histórico tabu contra o Internacional.

A equipe alviverde não derrota os gaúchos no estádio Beira-Rio desde 6 de dezembro de 1997. Para o jogador, o Verdão terá de derrubar a incômoda marca se quiser se manter na liderança do Campeonato Brasileiro.

O que pesa em favor do Palmeiras é o fato de o Internacional estrear novo treinador, após não vencer os últimos seis jogos, Argel Fucks foi demitido e a diretoria colorada contratou Paulo Roberto Falcão, que reestreia no comando do Inter nesse domingo contra o Verdão.

Sobre o duelo, o camisa 7 do Verdão destacou: “Enfrentar o Inter é sempre difícil, ainda mais no Beira-Rio. Eles têm um bom elenco e a chegada do novo técnico pode trazer uma motivação maior. Nós sabemos que será um jogo muito duro e complicado, mas temos condições de vencer e iremos pra lá com esse objetivo”, disse Dudu.

Maior garçom do Palmeiras no ano, ao lado de Cleiton Xavier com 8 assistências, Dudu quer melhorar seus números contra o Inter: “A evolução dos meus números acompanha o desempenho do Palmeiras e o mérito é de todos os jogadores.

Nosso time se movimenta bastante e pressiona muito lá na frente, o que facilita para criarmos diversas situações de gol. Estamos indo bem e temos que manter o mesmo ritmo. Espero que a história se repita contra o Inter”, afirmou Dudu.

Foto: Cesar Greco/Ag.Palmeiras



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.