Messi ganha apelo de Presidente para seguir na seleção argentina

Crédito da Foto: Divulgação / Associação de Futebol Argentino - AFA

A notícia de que Lionel Messi se aposentou da Seleção Argentina — anunciada logo depois da derrota na final da Copa América Centenário — causou impacto no mundo inteiro. Em entrevista a uma agência de notícias, o presidente argentino, Mauricio Macri, abraçou a campanha para demover do craque a decisão de não representar seu país em campo.

Leia mais:
PARA MATAR AS SAUDADES! VEJA 20 GOLS INCRÍVEIS DE IBRAHIMOVIC NO PARIS SAINT-GERMAIN
SAN SIRO OU GIUSEPPE MEAZZA? DESCUBRA POR QUE MILAN E INTER UTILIZAM O MESMO ESTÁDIO

No depoimento a agência de notícias DPA, Macri disse que tentará convencer o astro do Barcelona a desistir da aposentadoria precoce do time argentino.

— Ficamos acertados que voltaríamos a nos falar. Tenho esperança de que ele não nos abandone, porque é um presente de Deus ter o melhor jogador do mundo. As coisas que fez na Copa América foram, na verdade, incríveis. Mas, com quatro ou cinco a sua volta, como se viu nas jogadas contra o Chile, fica difícil.

O depoimento do presidente argentino incentivou cerca de mil pessoas, na tarde do último sábado (2), a se reunirem no Obelisco, mesmo com forte chuva que castigou Bueno Aires, para convencer Lionel Messi a não deixar a Seleção Argentina. Os fãs do craque pediam através de camisas, balões e bandeiras hasteadas a permanência do astro no time nacional.

Lionel Messi decidiu se aposentar da Seleção Argentina após a derrota nos pênaltis para o Chile, no final de junho. Em lágrimas após o revés, o camisa 10 avisou em entrevista na saída do estádio que não entraria mais em campo pelo seu país.

Veja fotos da repercussão do movimento a favor da continuidade do craque na seleção no Twitter:



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.