Rio 2016: Handebol do Brasil encara a forte Dinamarca em teste para os Jogos

Foto: EFE

Crescendo a cada dia no cenário mundial, a seleção masculina de Handebol fará um teste gigante nesse sábado, 16, fazendo um amistoso contra a melhor seleção do mundo, a Dinamarca.

LEIA MAIS!

RIO 2016: UNIFORMES DE COMPETIÇÃO DO BRASIL SÃO APRESENTADOS PARA OS JOGOS; CONFIRA

Após fazer uma preparação forte na região metropolitana de São Paulo, a seleção brasileira de Handebol está treinando há alguns dias na Dinamarca e nesse sábado, 16, os brasileiros farão um duelo contra uma das melhore seleções do mundo, os anfitriões dinamarqueses.

Os comandados do técnico espanhol Jordi Ribera, atuais campeões pan-americanos, vão encarar ninguém menos que o armador Mikkel Hansen, eleito o melhor jogador do mundo de 2015 e enfrentarão a seleção que é colocada como imbatível nos Jogos Olimpicos.

– É um bom teste contra uma forte equipe, com grandes jogadores e vai servir para mostrar como está nosso próprio nível para a Olimpíada. Estamos treinando há bastante tempo e precisamos ver como vamos nos portar contra equipes com esse peso.

O Pan-Americano foi bom só que não tinha o mesmo nível que tem a Dinamarca. Vamos aproveitar esse jogo para treinar bastante o retorno defensivo, algo que ficou faltando no Pan, e também nossa defesa – comentou o goleiro Bombom

Neste sábado, o duelo entre as equipes acontecerá de portões abertos para os torcedores acompanharem, já no próximo dia 20, as equipes voltam a se enfrentar, mas de portões fechados. Estas partidas serão interessantes para dar uma sensação olimpica para os convocados a Rio 2016, uma vez que apenas o goleiro Maik já participou de alguma Olímpiada dos 14 selecionados para os Jogos de 2016.

– O jogo contra a Dinamarca é importante na nossa preparação porque vamos enfrentar um adversário de alto nível, que é um dos favoritos para conquistar medalhas. Será bom para pegarmos ritmo, nos prepararmos e acertarmos os detalhes para chegar na Olimpíada com força total – reforçou o armador Thiagus.

Foto: EFE



Nascido em Sorocaba, acompanha futebol desde os 8 anos e é apaixonado pelo europeu. Tem simpatia pelo Argentino e também gosta muito do Brasileiro. Basquete é outra opção boa.