Rotina de quedas: Inter demite o seu 7° treinador em cinco anos

Inter
Crédito da foto: Ricardo Duarte / Site oficial SC Internacional

O técnico Argel Fucks não suportou a quarta derrota seguida no comando do Inter e foi demitido na noite deste domingo. Antes disso, o seu time voltou a se apresentar mal e foi derrotado por 1×0 para o Santa Cruz, no Recife. Os pernambucanos se somaram a Grêmio, Flamengo e Botafogo, que haviam vencido o colorado nas rodadas anteriores.

LEIA MAIS:

Após mais uma derrota, Argel Fucks é demitido do Internacional

Ex-volante da seleção brasileira surta na China e vai para cima do árbitro

Para o torcedor colorado, não entanto, a demissão de Argel Fucks não chega a ser novidade. Trata-se de uma repetição do que vem ocorrendo sistematicamente nos últimos cinco anos. Com exceção de Abel Braga, que, no último ano da gestão do presidente Giovanni Luigi, conseguiu ser o técnico colorado de janeiro a dezembro. Fora ele, todos os técnicos que passaram pelo Inter desde 2011 não concluíram o trabalho.

O primeiro a cair nesse período foi Celso Roth, ainda em abril de 2011. Para o seu lugar, a diretoria então capitaneada por Giovanni Luigi buscou o ex-jogador e ídolo Paulo Roberto Falcão, que foi demitido após 19 jogos no comando do clube. Na sequência, Dorival Jr foi contratado e quase completou um ano, sendo demitido na metade de 2012. Fernandão, que era diretor, desceu para o cargo de técnico, mas foi mandado embora faltando duas rodadas para o fim do Brasileirão.

Dunga foi o escolhido para tocar a temporada de 2013, mas a ausência do Beira-Rio – interditado para as obras da Copa – e de um elenco mais qualificado prejudicaram o trabalho do treinador. Ele foi campeão gaúcho, mas caiu no início do segundo turno do Brasileirão. Clemer, de forma interina, comandou o Inter até o final do ano. Em 2014, último ano de Giovanni Luigi como presidente, Abel Braga comandou de janeiro a dezembro.

Em janeiro de 2015, Vitorio Piffero voltou a ser presidente do Inter (havia sido entre 2007 e 2011) e o seu primeiro treinador foi o uruguaio Diego Aguirre, que durou até agosto. Sem técnico, a diretoria colorada foi buscar Argel Fucks no Figueirense. Passados onze meses de sua contratação, ele volta a virar “estatística” no Inter e se soma aos seus antecessores, tendo sido demitido neste domingo, após derrota para o Santa Cruz.

Inter – Demissão de treinadores nos últimos cinco anos

2011 – Celso Roth e Falcão

2012 – Dorival Jr e Fernandão

2013 – Dunga

2015 – Aguirre

2016 – Argel Fucks



Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.