Saiba como ficou o Mundial de Pilotos após o GP da Inglaterra de F1

Crédito da foto: Divulgação / Twitter oficial Mercedes

Em uma corrida cheia de alternativas proporcionadas pela pista molhada, o campeonato de F1 embolou de vez. Se a disputa entre Hamilton e Rosberg estava apertada, agora, após o GP da Inglaterra, apenas quatro pontos separam os pilotos da Mercedes.

LEIA MAIS
F1: A RIVALIDADE ENTRE HAMILTON E ROSBERG EM NÚMEROS
OPINIÃO: HAMILTON SOBRA EM SILVERSTONE, E AS REGRAS EXAGERADAS DA F1

Nico reduziu o prejuízo ao passar Verstappen e chegar em segundo, enquanto o inglês, em casa, ratificou que não vai permitir que o campeonato fique nas mãos do alemão com facilidade.

Na Ferrari, um surpreendente Raikkonen faz provas corretas e sem muito brilho, mas suficientes para se manter à frente de Sebastian Vettel no campeonato. Já é o terceiro na classificação. No começo do ano, era difícil acreditar nessa ordem de forças em Maranello.

SAIBA COMO FICOU O MUNDIAL DE CONSTRUTORES APÓS O GP DA INGLATERRA DE F1

Massa pode colecionar mais um capítulo da saga “Massa lamenta”, terminando fora da zona de pontuação. Na tabela, Bottas continua em vantagem: o finlandês está em 7°, enquanto o brasileiro se mantém em 9º.

Verstappen continua brilhando, em mais um pódio para sua ainda curta (mas muito promissora) carreira. Está na caça de Vettel, que caiu para 5º no mundial de pilotos.

Confira a classificação do mundial de pilotos da F1 após o GP da Inglaterra:

Mundial-Pilotos-Inglaterra



Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias