Santos x Chapecoense: Peixe usa a força da Vila para chegar ao G4

Crédito da foto: Facebook Oficial do Santos

Hoje (03/07) teremos o confronto entre Santos x Chapecoense na Vila Belmiro, partida válida pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar da força do Peixe quando joga em casa, a equipe praiana sabe que tem que tomar cuidado com a equipe catarinense, que é um dos cinco melhores visitantes do Brasileirão.

LEIA MAIS:
SANTOS X CHAPECOENSE: ACOMPANHE O PLACAR DO JOGO AO VIVO
OPINIÃO: SANTOS TEM OBRIGAÇÃO DE VITÓRIA E BOM FUTEBOL CONTRA CHAPECOENSE

O Santos vai a campo neste domingo às 16h00 contra a Chapecoense, buscando uma vitória para chegar ao G4. A força do time praiano dentro da Vila Belmiro já é conhecida por todos os clubes. Neste Brasileirão, o Peixe fez cinco jogos como mandante, e conseguiu quatro vitórias (duas delas no Pacaembu) e perdeu uma única vez, para o Internacional.

Apesar do retrospecto favorável, o Santos deve tomar cuidado, pois a Chapecoense é uma das equipes com melhor aproveitamento jogando fora de casa: dos seis jogos em que atuou como visitante, a equipe de Chapecó venceu duas vezes, empatou duas e perdeu as outras duas partidas.

Para a partida de logo mais, o técnico Dorival Junior deve repetir a escalação que utilizou nos últimos três jogos. O Peixe venceu o Fluminense e o clássico contra o São Paulo, mas na rodada passada, foi derrotado pelo Grêmio por 3 a 2. Mesmo assim, a formação ter proporcionado boas partidas da equipe santista, por isso o técnico Dorival não tem motivos para não repetir.

Do lado do verdão do Oeste, o técnico Caio Junior não terá a mesma sorte que o técnico rival, e terá que modificar a equipe que derrotou o Cruzeiro na rodada passada em Chapecó. Os jogadores Gimenez e Marcelo estão de fora da partida contra o Santos, e por isso o técnico da Chapecoense terá que promover as alterações. Atualmente, a equipe catarinense ocupa a décima posição com 18 pontos, enquanto o Peixe é o sétimo com 19. Confira abaixo as prováveis escalações das duas equipes:

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia, Vitor Bueno e Lucas Lima; Gabriel e Rodrigão. Técnico: Dorival Júnior.

Chapecoense: Marcelo Boeck; Cláudio Winck, Rafael Lima, Thiego e Sérgio Manoel; Josimar, Gil e Cleber Santana; Silvinho, Bruno Rangel e Ananias. Técnico: Caio Junior.