São Paulo x Atlético Nacional: veja as opções de Bauza para substituir Ganso

Crédito da foto: Fernando Nunes / saopaulofc.net

Após um mês de espera, nesta quarta-feira (6), o São Paulo entra em campo contra o Atlético Nacional, da Colômbia, pelas semifinais da Libertadores. Bauza preservo seu time, fez rodizio para evitar desgaste, mas Ganso teve lesão confirmada contra o Fluminense e, provavalmente, não terá condições de jogar 90 minutos. Baseado nas partidas do Tricolor no ano, o Torcedores.com lista as possível formações sem o camisa 10.

LEIA MAIS:
BAUZA ESTUDA UTILIZAR THIAGO MENDES NA ARMAÇÃO E DIZ QUE ATÉ GANSO PODE JOGAR
MAICON PREVÊ DIFICULDADES CONTRA O ATLÉTICO NACIONAL, MAS COBRA: “NOSSA OBRIGAÇÃO É CLASSIFICAR”
MERCADO DA BOLA: LAZIO APRESENTA PROPOSTA OFICIAL POR RODRIGO CAIO

Fora Ganso, o São Paulo também não terá o meia-atacante Kelvin — lesionado na partida contra o Sport. Sem a dupla, o esquema de jogo armado por Bauza passará, de uma forma ou outra, por mudanças com os substitutos. Ganso é um meia clássico, que cadencia com maestria, busca jogo entre os marcadores e acelera o ritmo quando necessário. Kelvin estava vivendo grande fase. Seu estilo de jogo com dribles e muita velocidade pelo lado direito o transformava num segundo atacante e elemento surpresa na Libertadores.

Bauza deve mandar o time a campo com Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; Hudson, João Schmidt, Thiago Mendes, (substituto de Ganso) e Michel Bastos; Calleri.

1ª opção de substituir Ganso: Ytalo

Quando Ganso desfalcou o São Paulo no Brasileirão, devido a convocação a Copa América Centenário, o meia-atacante Ytalo teve oportunidades de jogar na função do camisa 10, fez gols e deixou boa impressão. No entanto, o jogador contratado junto ao Audax tem características diferentes.

Com Ytalo em campo, o time de Edgardo Bauza ganha velocidade na conclusão das jogadas, maior poder de fogo nas bolas alçadas na área e um driblador nato. E perde o passe refinado e o cara que cadência a partida.

football formations

2ª opção de substituir Ganso: Wesley

O meio-campista é um segundo volante de origem que marca forte e chega bem ao ataque. A opção pelo jogador seria um reforço para as jogadas armadas pelo lado direito que ficará a cargo de Thiago Mendes. A dupla pode alternar funções, confundir a marcação e arrumar boas triangulações nas subidas de Bruno. Wesley traz ao time força física, velocidade, chute de longa distância, mas peca na qualidade do passe.

football formations

3ª opção de substituir: centralizar Michel Bastos e apostar em Carlinhos na meia esquerda

Com atuações regulares atuando como meia/ponta esquerda no São Paulo, Michel Bastos é o atleta do elenco de Bauza com características mais próximas a de Paulo Henrique Ganso. É um meia que gosta de jogar com a bola nos pés, com passe refinado, bom chute de media distância e com visão de jogo. A diferença é que Bastos prende a bola e busca jogadas individuais para concluir as jogadas.

A opção de centralizar Michel Bastos abre um buraco na meia esquerda que pode ser suprida por Carlinhos. Apostando no lateral/meia, o São Paulo mantem as jogadas de linha de fundo de Bastos com Carlinhos e abre espaço para fazer inversões de função do Mena.

football formations



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.