Título da Eurocopa valerá condecoração oficial para heróis portugueses

Crédito da foto: Divulgação / Twitter oficial Eurocopa 2016

Futebol é coisa séria. Tão séria que valerá um distintivo de honra aos 23 jogadores de Portugal que conquistaram a Eurocopa de 2016, na França. Pelo menos é o que promete o presidente do país.

LEIA MAIS
EMOCIONADOS, JORNAIS DE PORTUGAL EXALTAM TÍTULO HISTÓRICO DA EUROCOPA: “FINAL ÉPICA!”
APÓS SER VICE EM CASA, PORTUGAL REPETE FEITO DE ALGOZES E BATE ANFITRIÃO

Marcelo Rabelo de Sousa, Presidente de Portugal, anunciou que receberá os jogadores e também a equipe técnica da seleção no Palácio de Belém, residência oficial do cargo, em Lisboa. Na oportunidade, prometeu condecorar a todos com o título de “Comendador da Ordem de Mérito”, dado, em geral, às pessoas que se destacaram por colaborar com o engrandecimento da sociedade, por suas influências sociais, econômicas e políticas. De acordo com ele, é o grau “mais elevado de honraria”.

O Presidente fez questão de elogiar os comandados de Fernando Santos, em entrevista à rede portuguesa RTP, expondo, em sua opinião, os segredos da vitória. “Aquela contrariedade do Cristiano Ronaldo, as dificuldades enormes em relação a cargas aos nossos jogadores, o cansaço enorme e depois a capacidade de mudar a tática, refazer o jogo, dominar o prolongamento, principalmente a segunda parte, com uma inteligência, isso é Portugal no seu melhor”, declarou.

“Sofremos muito, mas mostramos aquilo que somos, resistentes, unidos, capazes de aguentar tudo”, explicou.

Bastante animado, o mandatário português, que viu o jogo das tribunas do Stade de France, ao lado de François Hollande (presidente da França), resumiu o sentimento de uma nação. “Esta gente que estava a vibrar, a pensar nestes portugueses que vivem aqui e em todo o mundo e que muitas vezes sofrem coisas incríveis e a alegria que vão ter amanhã ao aparecerem nos seus empregos e serem os campeões”, enalteceu.

“Nós somos o máximo”, finalizou o Presidente da República.



Mídias Sociais da AS Roma Brasil, MBA em Gestão Estratégica de Negócios, blogueiro desde 2007 e radialista amador. Escreve sobre futebol italiano, automobilismo e o que aparecer, mas gosta mesmo é de contar boas histórias