Triplica o número de casos de doping no futebol paulista

Doping no futebol paulista
Reprodução/YouTube

O número de atletas flagrados no exame antidoping triplicou em um ano no futebol paulista. Enquanto em 2015 foram contabilizados quatro casos, em 2016 já são 11 jogadores. Entre os jogadores “pegos” neste ano, estão o corintiano Yago e o palmeirense Alecsandro. A apuração é do portal Painel FC, do jornal Folha.

LEIA MAIS: 

CONHEÇA QUAL ESTADO É O MELHOR DA SÉRIE A NO BRASILEIRÃO

ÁRBITROS RECEBEM NOVAS ORIENTAÇÕES DA CBF; CONFIRA

INTER É O TIME MAIS FALTOSO DO BRASILEIRÃO; CONFIRA A LISTA

DUDU RESPONDE PROVOCAÇÃO DE LUCAS LIMA NO INSTAGRAM: “CALMA SARDINHA”

LUCAS LIMA PROVOCA PALMEIRAS E PALMEIRENSES NÃO PERDOAM

Dos 11 já contabilizados, seis foram por substâncias anabolizantes e cinco por drogas, como a maconha. O presidente do controle antidopagem da Federação Paulista de Futebol, Fernando Solera, diz que os testes aumentaram em 40% neste ano, o que talvez explique o número baixo em 2015.

Dentre os flagrados, estão dois jogadores do São Carlos (time que disputa a Série A-3 do Paulistão) que são irmãos gêmeos, Matheus e Mário Destro. Para provar que não se tratava de duas pessoas diferentes e que não houve erro na coleta de urina, fi realizado um exame de DNA com os atletas.

Confira os atletas flagrados no antidoping:

Doping no futebol paulista
Divulgação/Painel FC -Portal Folha