Zorra Total ironiza padre palmeirense que quer ser corintiano

zorra total
Crédito da foto: Reprodução/Vídeo

Com novo texto de Marcius Melhem e Maurício Farias, o Zorra Total que agora só se chama Zorra tem botado lenha na fogueira, deixou os bordões de lado e não tem poupado críticas ao que quer seja. Novo elenco também ajudou a fazer com o que o programa voltasse a ter audiência

Leia mais:

O novo Zorra Total veio para satirizar o cotidiano e no sábado (16), usou uma das esquetes para satirizar religião, homofobia e fanatismo esportivo. Na esquete em uma reunião de clériglos, um deles aparece na reunião vestido de freira. Então os outros começam a questionar que isso não poderia ser aceito, enquanto o outro explica entre todos os gênero o que ele é que não era drag queen, nem transexual e começa a sequencia até que resolver aceita-lo.

Quando isso finalmente acontece, um dos padres diz que precisa ir embora para assistir o jogo do Timão. Nisso ele é questionado se não era palmeirense. O padre diz que era porque a família toda era italiana, mas agora ele vê que o Corinthians é melhor que está arrebentando e decidiu mudar de time.

Então, todos os outros padres começam a questiona-lo sobre mudar de time já depois de “grande” e que isso sim é uma tamanha traição. Sinalizando na crítica que de tudo, o que realmente inaceitável era mudar de time e não de opção sexual.

Veja o vídeo a partir do minuto 25:30

Dani Calabresa é uma das atrizes das atrizes da nova formação. Os atores da formação antiga do Zorra que retornaram à nova versão, como Fabiana Karla, Rodrigo Sant’anna, Nelson Freitas, Thalita Carauta e o veterano Paulo Silvino.



Formada em jornalismo pelo Mackenzie, demorei anos para perceber que dá, sim, para ir atrás dos sonhos e trabalhar com o que se gosta: o esporte. Hoje me divido entre o esporte e a política. Nunca vou me conformar com os que dizem: "É só futebol.."